Escola Interativa de São José dos Campos é destaque no El País

O programa implantado por Carlinhos Almeida na prefeitura de São José dos Campos, o Escola interativa, tem inovado na maneira de ensinar na rede municipal da cidade. Professores, alunos e pais tem elogiado a iniciativa e têm sido beneficiados com as melhorias que o programa trouxe.

Ao todo, já são 47 EMEFs e 72 EMEIs que já fazem parte da Escola Interativa, com lousas interativas, tablets e notebooks ao professores, além da internet em todas as unidades para auxiliar o trabalho dos docentes.

(mais…)

Escola sem Partido impõe retrocesso à luta contra discriminação

Em uma sala de aula, um adolescente começa a ser alvo de discriminação de um colega, que se utiliza de argumentos religiosos. A situação se agrava e os jovens se agridem fisicamente. O professor observa a situação, mas teme fazer algo, pois está proibido de afrontar as convicções religiosas ou morais dos alunos ou de seus pais. A aprovação do projeto Escola sem Partido, proposta que tramita atualmente em Câmaras Municipais, Assembleias Legislativas e no Congresso, pode fazer dessa uma situação real, na avaliação da presidenta do Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF), Rosilene Corrêa.

“Na prática, o Escola sem Partido vai liquidar os avanços em direitos humanos que tivemos nos últimos anos. Se um aluno homossexual ou de uma religião não cristã for discriminado por outro que apoia suas afirmações em ideias religiosas, o professor não poderá intervir. Pois estaria questionando valores religiosos”, afirmou a professora.

(mais…)