Para Secretária de Mulheres do PT-SP, Dilma é exemplo de força, coragem e luta

Para Secretária de Mulheres do PT-SP, Dilma é exemplo de força, coragem e luta

Compartilhe nas redes

Uma das organizadoras do encontro de mulheres das entidades que compõem a Frente Brasil Popular, a secretária de Mulheres do PT-SP, Marta Domingues, a Martinha, avalia que a presidenta eleita está confiante de que vai voltar ao cargo que lhe foi tirado por um “golpe de Temer e seus comparsas”.

“A presidenta eleita está serena e confiante, confiante que vai voltar à cadeira da presidência que nos foi roubada”, disse.

Martinha Secretaria Mulheres PTA avaliação de Martinha foi feita após o ato que reuniu centenas de mulheres, na Casa de Portugal, no Centro de São Paulo.

A secretaria de Mulheres do PT-SP acredita que as mulheres devem se espelhar na Dilma, que classifica como exemplo de força, coragem e luta. “Estamos aqui para nos espelhar no exemplo que é a presidenta Dilma, exemplo de força, coragem e luta.

Em seu discurso, a presidenta da UNE (União Nacional dos Estudantes), Carina Vitral, denunciou o machismo golpista e enalteceu a primavera feminista.

Representando o PCdoB, a ex-deputada Ana Martins pontuou que as mulheres devem lutar até o fim para defender o mandato eleito nas urnas.

A secretária de Relações Internacionais do PT, Mônica Valente, frisou que o golpe foi uma forma que a oposição encontrou para implementar a agenda derrotada nas eleições.

Em nome de todas as mulheres da classe trabalhadora, a vice-presidenta da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Carmen Foro, deu um abraço na presidenta Dilma.

A prefeita de Araçoiaba da Serra, Mara Melo, e a artista Tininha Petta foram as responsáveis pela condução do evento.

O presidente estadual do PT-SP, Emidio de Souza, acompanhou o ato inteiro no meio da plateia.