Ministro Padilha destina R$ 1 milhão para GACC

Ministro Padilha destina R$ 1 milhão para GACC

Compartilhe nas redes

1506860_10201189419524250_858222879_n

Além do repasse de R$ 26,5 milhões em recursos para Santas Casas de 13 cidades da região do Vale do Paraíba, o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou hoje (21) um aporte de R$ 1 milhão para o custeio da Oncologia no Centro de Tratamento Fabiana Macedo de Morais, o Hospital do GACC (Grupo de Assistência a Criança com Câncer) em São José dos Campos.

O Centro de Tratamento é referência para o atendimento de câncer infanto-juvenil para todos os 39 municípios do Vale do Paraíba. O hospital é também referencia para o tratamento integral dos pacientes SUS diagnosticados com câncer entre zero e 19 anos.

Atualmente a unidade atende mais de 500 crianças e jovens nas diversas fases do tratamento da doença, prestando também um importante apoio psicológico às famílias dos pacientes.

O anuncio feito pelo Ministro foi realizado no hospital do GACC, na região oeste de São José dos Campos e foi acompanhado pelo Prefeito Carlinhos Almeida, da presidente da Câmara de São José dos Campos, vereadora Amélia Naomi, da presidente do GACC, Rosemary Sanz, além de deputados, prefeitos, vereadores e diversas autoridades políticas da região.

O Ministro Padilha fez questão de lembrar, os esforços do Prefeito Carlinhos Almeida para que conhecesse o GACC, em maio deste ano. Emocionado relatou que a visita foi importante na formatação do Programa Mais Médicos”.

“Quando o Carlinhos (Prefeito) insistiu para que eu viesse aqui, pois, não estava na agenda, percebi que era divino. O que eu senti quando cheguei aqui em maio, é que a gente pode fazer, pode cuidar da saúde com humanização, com coração, empregando todo o conhecimento que a gente tem. Vi que é possível envolver desde o porteiro, passando pela cozinha, pela Jô que cuida da limpeza até o Dr. Marcelo, envolvendo todos os profissionais”, disse Ministro Padilha, lembrando que o exemplo de São José pode ser aplicado em qualquer lugar do Brasil.

HUMANIZAÇÃO – “Senti que podemos fazer isso mesmo em um hospital estruturado com equipamentos, UTI, ou seja, aquilo que a gente tem que ir pro meio da Amazônia ou na periferia de uma grande cidade, para fazer nossos médicos valorizarem cada vez mais o contato humano, vocês fazem aqui no GACC em São José dos Campos. Aquela visita me deu muita energia, porque estávamos num momento decisivo para discutir com a Presidenta Dilma a formatação do Programa Mais Médicos”, disse o Ministro Padilha.

TODOS COM O GACC – Em sua fala, a vereadora e presidenta da Câmara, Amélia Naomi, destacou o empenho dos parlamentares de São José e da região, que se mobilizaram para a obtenção de recursos para o GACC.

“Quando a Rosemary esteve na Câmara pedindo a nossa ajuda. Prontamente, nos organizamos e passamos também a pedir apoio de outras Câmaras da região. Isso foi muito bom, pois mostrou a todos, a importância que o GACC tem no tratamento e na cura do câncer. Por isso, continuaremos lutando pela continuidade e ampliação do atendimento deste Centro”, disse a vereadora Amélia Naomi.

GRATIDÃO – Representando os familiares dos pacientes atendidos pelo GACC, Célia Maria dos Santos, hoje voluntária da entidade, aproveitou para agradecer os recursos disponibilizados. Ela é mãe da jovem Ritinha, hoje com 25 anos, vítima de leucemia em 1996, hoje curada e também voluntária. “Eu preciso dar um pouco de tudo que a Rita recebeu e ensinar a ela a importância de ajudar as pessoas”, disse Célia, à assessoria da vereadora Amélia.

“Quero lhe agradecer, porque quando o senhor esteve aqui em maio, devolveu a esperança a todas as mães. Contamos com o senhor hoje e sempre”, disse Célia ao Ministro Padilha.

IMPOSSÍVEL – “Nós quase fechamos as portas esse ano, mas com a ajuda da comunidade, dos deputados e do Ministro Padilha vencemos”, lembra Rosemary Sanz, presidente do GACC, destacando a recusa de socorro por parte do Governo do Estado de São Paulo.

“Quando o Governo do Estado de São Paulo disse que era impossível recebermos recursos extras, então me pediram para procurar o Ministro. E me disseram que isso também era impossível. Dai tivemos a ajuda do Prefeito Carlinhos, que imediatamente procurou o Ministro, que tornou o impossível, possível”, disse Rosemary Sanz.

“Em maio, o Ministro prometeu trazer recursos para o GACC. Hoje ele está aqui para cumprir. A gente precisa de líderes que tenham paixão,alma e defendem a população como você defende”, conclui a presidente do GACC.

texto: Alessandra Jorge
fotos: Jouvani Reis e Alessandra Jorge