Agenda do mês de março, mês de luta e mobilização das mulheres

Compartilhe nas redes

O 8 de Março nasceu da raiz trabalhista, quando mulheres que reivindicavam seus direitos por melhores condições de trabalho, foram incendiadas, junto com outros trabalhadores, numa fábrica de tecidos em Nova York. Atualmente, continuamos em luta pela igualdade de gênero. A morte dessas mulheres não pode ser esquecida.

Nesta data, em diversos lugares do Brasil e do mundo, mulheres irão às ruas se manifestar contrárias ao governo Bolsonaro. Contra a retirada de direitos trabalhistas, a violência doméstica, ao assédio sexual e em defesa de suas vidas. Confira as principais agendas deste mês de luta e mobilização:

6 de março de 2020 | Ato unificado São José dos Campos – Mulheres Contra Bolsonaro

“Basta de assédio e feminicídio: pela vida das meninas e mulheres, Justiça por Marielle, contra Bolsonaro e Damares”

O 8 de março é uma data de luta histórica do movimento de mulheres. Nos últimos anos, vimos as ruas cheias como expressão da primavera feminista no Brasil, na América Latina e pelo mundo todo. As mulheres são protagonistas de muitas lutas, elas decidiram não aceitar mais o machismo, especialmente na política. Em 2018 construímos o memorável #EleNão e nossa luta deve continuar.

MAIS INFORMAÇÕES:

Ato unificado 6 de março de 2020
Onde: Praça Afonso Pena – Centro
Horário: 17h

7 de março de 2020 | São José dos Campos – Mulheres contra os retrocessos do governo Bolsonaro e Felicio

Por vontade política, o prefeito Felicio (PSDB) colocou fim à muitas políticas públicas direcionadas para as mulheres. Com o fim do Hospital da Mulher, sofremos um colapso nos atendimentos da saúde. Em São José, o fechamento do diagnóstico de câncer de mama demora mais de 1 ano, gerando uma fila de espera para realização dos exames de ultrassom e mamografia de 40 mil mulheres. O prefeito Felicio também acabou com os serviços prestados pelo SUS no Antoninho Rocha Marmo na área da maternidade e obstetrícia – o fato sobrecarregou o Hospital Municipal, com aumento mensal de 67% no número de partos no local. O governo Felicio, também deixou as creches somente em meio período. A decisão prejudica os filhos e as mães trabalhadoras que precisam trabalhar e dependem das creches para deixar as crianças. Creche é direito e precisa ser em tempo integral!

A vida das mulheres piorou com o governo Bolsonaro. Muitas são arrimo da família e, mesmo assim, sofrem com a discriminação. Elas são a maioria na fila do desemprego e, quando entram no mercado de trabalho, recebem salários menores do que homens que exercem a mesma função.

Com o governo Bolsonaro e a falta de políticas públicas para as mulheres: 

  • Cresceram o número de feminicídios;
  • Aumentou da idade mínima de aposentadoria das mulheres para 62 anos;
  • Redução da pensão por morte para 50%!

 MAIS INFORMAÇÕES:

Ato PT SJC 7 de março 2020

Onde: Praça Afonso Pena – Centro

Horário: 9h

8 de março de 2020 | São Paulo – Mulheres Contra Bolsonaro!

Por nossas vidas, democracia e direitos! Justiça para Marielle, Claudias e Dandaras!

MAIS INFORMAÇÕES:

Teremos uma Van, com 15 lugares saindo de São José dos Campos.

Horário e local de saída em SJC: 12h, do estacionamento da Câmara Municipal.

Horário de retorno de SP: previsto para 18h.

Concentração: chegada e saída de SP – na Av. Paulista, altura do n. 1853 – próximo ao Masp.

Traga sua bandeira, faixa, cartaz, foto, o que puder!

Distribuiremos mais material na saída.

Os companheiros também são bem-vindos

Quem quiser ir deixar nome, RG e telefone, com Maria Helena, no Gabinete da Vereadora Amélia Naomi – 3925-6588.