Marcha das Mulheres Negras contou com presença de representantes de São José

Marcha das Mulheres Negras contou com presença de representantes de São José

Compartilhe nas redes

Brasília recebeu nesta quarta-feira (18/11), mais de 4 mil mulheres negras de todos os cantos do Brasil para a Marcha das Mulheres Negras. Elas atenderam à convocação das chamadas que ecoam pelas grandes cidades, pelo interior do Norte e Nordeste, favelas e quilombos, juntando jovens e mães de santo, intelectuais, estudantes, mães que perderam seus filhos ou maridos para a violência.

Marcha das Mulheres Negras 2014 (2)De São José dos Campos saiu um ônibus levando cerca de 30 mulheres do Vale do Paraíba e Litoral Norte.  Essas mulheres são representantes do movimento negro, Dandara, do assentamento do MST  e da Coordenadoria Racial da Prefeitura de São José.

A Marcha das Mulheres Negras defende que a construção de relações de convivência sem racismo exige participação coletiva e organizada. Neste ano, o tema da movimentação é “Contra o Racismo e a Violência e Pelo Bem Viver”.

O Brasil tem 49 milhões de mulheres negras, Isto é, 25% da população brasileira. Elas vivenciam a face mais perversa do racismo e do sexismo, por serem negras e mulheres. Enfrentam diariamente a forjada superioridade do componente racial branco, do patriarcado e do sexismo, que fundamenta e dinamiza um sistema de opressões que impõe, a cada mulher negra, a luta pela própria sobrevivência e de sua comunidade. Essas mulheres enfrentam todas as injustiças e negações de nossa existência, enquanto reivindicamos inclusão a cada momento em que a nossa exclusão ganha novas formas.

A marcha

A Marcha foi idealizada em Salvador (BA), por ocasião do Encontro Paralelo da Sociedade Civil para o Afro XXI: Encontro Ibero Americano do Ano dos Afrodescendentes, em 2011. Trata-se de uma iniciativa de articular as mulheres negras brasileiras. A intenção é aglutinar o máximo de organizações de mulheres negras, assim como outras organizações do Movimento Negro, sem dispensar o apoio de organizações de mulheres e de todo tipo de organização que apoiem a equidade sociorracial e de gênero.

Marcha das Mulheres negras.1O objetivo, entre outros, é dar maior visibilidade a situação de opressão secular da mulher negra, homenagear as ancestrais e exigir do Estado brasileiro, bem como de todos os setores da nossa sociedade, respeito e compromisso com a promoção da equidade racial e de gênero, a fim de que possamos exercer plenamente seus direitos como cidadãs brasileiras e construtoras históricas deste país chamado Brasil.