INTERDIÇÃO DA COOPERTÊXTIL PREJUDICA MAIS DE 400 TRABALHADORES

INTERDIÇÃO DA COOPERTÊXTIL PREJUDICA MAIS DE 400 TRABALHADORES

Compartilhe nas redes

Apesar da crise econômica, do grande desemprego, o prefeito interditou as instalações da cooperativa Coopertêxtil, prejudicando cerca de 400 trabalhadores, sem nem mesmo tentar algum acordo que não prejudicasse os trabalhadores. A vereadora Amélia Naomi, o presidente do PT/SJC, Wagner Balieiro e o suplente de vereador, Lin Fernandes, conversaram com os trabalhadores que lutam para voltar a produzir.

 

Felicio, que durante a pandemia não comprou um único grão de feijão para dar a população, mais uma vez se mostra desumano e insensível, impedindo as pessoas de levarem seu sustento para casa. Assista o relato da Maria Helena, trabalhadora, que está preocupada com o futuro de seus filhos.