Carlinhos lança nova Campanha de Combate à Dengue

Carlinhos lança nova Campanha de Combate à Dengue

Compartilhe nas redes

O prefeito Carlinhos Almeida lançou na manhã desta terça-feira (20/10) a nova Campanha de Combate à Dengue. Com o tema Não dê espaço para o Mosquito. Bote a Dengue pra Correr! a campanha começa a ser veiculada no rádio e TV. Além das peças apresentadas durante o lançamento, a Campanha tem um hotsite com informações sobre a doença, folders, cartazes, banners e busdoors.

dengueO objetivo da antecipação do lançamento da campanha é mobilizar a população para a prevenção, bem antes da chegada do período crítico da doença, que ocorre no verão. “Queremos que a população se conscientize que, para evitarmos uma epidemia, é preciso nos mobilizarmos agora. Não dá pra esperar. E a melhor prevenção é a vigilância constante e a guerra aos criadouros. Esse deve ser o nosso foco”, disse o secretário de Saúde, Paulo Roitberg.

O plano vai manter as principais ações já realizadas neste ano, como a emissão de multas para proprietários que impedirem a entrada dos agentes, o drone para imóveis desabitados, a parceria com o CRECI (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis), que abrem as casas vazias que estão sob sua responsabilidade para vistorias das equipes de combate à dengue, além de vistorias casa a casa, arrastões e mutirões pra recolhimento de criadouros que possam estar acumulados nas casas.

dengue CombateAlém disso, o plano inclui algumas novidades. Entre elas está o envio de correspondência (AR) para os imóveis que ficam fechados durante o dia, indicando um telefone e solicitando que o proprietário faça contato para agendar uma visita dos agentes à noite ou aos sábados. “Vamos implementar essa medida para ampliarmos o raio de ação e atingirmos também as casas daqueles que passam o dia todo fora, trabalhando ou estudando”, disse o secretário.

O prefeito Carlinhos Almeida também montou uma comissão intersecretarial de combate à dengue. “Queremos todas as secretarias unidas, pensando na dengue”, disse.

Para Carlinhos, todas as ações que estão no plano são importantes para o enfrentamento da doença. Mas, o principal ainda é o comprometimento da população. “Todo o trabalho da prefeitura, que não parou um só minuto, é muito importante. Mas, sem a ajuda da população nesta tarefa, com certeza, não conseguiremos bons resultados. Mais do que nunca, precisamos do envolvimento de todos”, disse.

Gincana

Durante o evento, também foi lançada a Gincana Interativa, da Secretaria da Educação, que neste ano terá o tema Dengue. “Este ano, o combate à dengue no município ganhou um exército poderoso de jovens, estudantes comprometidos que estarão principalmente disseminando a importância da prevenção junto às suas famílias e comunidades”, destacou o secretário de Educação, Luiz Carlos de Lima.

Doze escolas participam, até o próximo dia 14 de novembro, da primeira edição da ‘Gincana Interativa’ que leva o tema da campanha “Bote a Dengue pra Correr”. Numa parceria entre as secretarias municipais de Educação e de Saúde, a Gincana reúne estudantes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. A participação foi aberta às escolas, que se inscreveram antecipadamente.

As escolas participantes já cumpriram uma das tarefas nesta terça-feira (20). Cada equipe apresentou uma esquete de teatro (de 1 a 5 minutos) usando o tema da campanha, durante o evento.

As tarefas vão ocorrer primeiramente por escola e, numa segunda etapa, disputadas entre as finalistas. A equipe da escola vencedora será premiada com uma viagem a Brasília. O regulamento está disponível no ícone Gincana Interativa, na página da Secretaria de Educação no site da Prefeitura (http://www.sjc.sp.gov.br).

Números

Dengue CampanhaNeste ano o Estado de São Paulo registrou a pior epidemia de dengue da sua história. Segundo números da Secretaria de Estado da Saúde, foram registrados 628.305 casos em todo o estado, com 399 mortes (sendo que 171 ainda estão em investigação).

Em São José dos Campos, o número de casos de dengue chegou a 14.303 (13.814 autóctones e 489 importados), com 10 mortes. A epidemia também refletiu em gastos recordes, neste ano. Até o dia 19 de outubro, a gestão Carlinhos tinha desembolsado R$ 6.453.335 no combate à dengue. No ano passado, foram R$ 4.615.270,50.

 

 

Com informações da Prefeitura de São José dos Campos