Bilhete Único: economia e melhoria no transporte público

Bilhete Único: economia e melhoria no transporte público

Compartilhe nas redes

Junto com o ex-prefeito Carlinhos Almeida, nosso candidato a prefeito, Wagner Balieiro, implantou o Bilhete Único em São José, em 2013, quando foi secretário de Transportes. São três anos de sucesso e de economia porque permite a qualquer pessoa com o cartão eletrônico usar até quatro ônibus (em quaisquer linha e sentido) num período de duas horas, pagando uma única passagem. Em 2012, antes do Bilhete Único, apenas 1 em cada 9 passageiros do sistema conseguia fazer a integração.

NOVOS USUÁRIOS!

▪️ A medida atraiu novos usuários para o transporte coletivo. O Bilhete Único trouxe economia e liberdade de escolha aos passageiros, dinamizando a mobilidade. Passou a ser comum, por exemplo, a volta para casa incluir uma parada em um mercado ou padaria, retomando depois a viagem com a mesma passagem.

▪️ Em 2016, 1 em cada 5 passageiros utilizava a integração no sistema. No mesmo ano, o sistema apontava uma economia de quase 30% na tarifa paga pelos usuários, em relação ao que ele gastaria se o Bilhete Único não existisse.

IMPACTO DO BILHETE ÚNICO PARA A POPULAÇÃO!

▪️ O impacto do Bilhete Único foi além dos efeitos econômicos. Um exemplo foi a oferta de creche na região central, que chegou a ter uma escola fechada. No governo Carlinhos, a região recebeu uma nova unidade que virou símbolo dos efeitos do Bilhete Único. As mães trabalhadoras descem do ônibus em frente à creche, deixam as crianças e tomam outro coletivo para chegar ao trabalho, pagando uma única passagem.