Primeira audiência pública da Comissão da Verdade acontece em São José

Compartilhe nas redes

Com o objetivo de apurar violações dos Direitos Humanos em São José dos Campos durante o período da Ditadura Militar, foi instituída a Comissão da Verdade na cidade, cuja autoria é da vereadora Amélia Naomi. A primeira audiência pública acontece nesta quarta-feira (16), às 14h, e trata sobre os idos de 1964. Dentre o comparecimento de familiares de perseguidos políticos, é aguardada a presença de Célia Marcondes, viúva de José Marcondes Pereira, prefeito de São José dos Campos entre os anos de 1962 e 1966. Além dela, espera-se também Luiz Paulo Costa, ex-vereador da cidade, que ficou preso no Destacamento de Operações de Informações – Centro de Operações de Defesa Interna, em São Paulo.

Em princípio instituída a fim de reconstruir a história da ditadura em São José, a Comissão da Verdade pretende estender o conteúdo das audiências até o período de redemocratização, início da década de 1990, quando fatos importantes como as greves da GM e da Embraer marcaram a história da cidade.

Instalação da Comissão

Durante a sessão do último dia 08, o Plenário Mário Scholz recebeu a instalação da Comissão na Câmara Municipal de São José. Na cerimônia de abertura estiveram presentes pessoas que viveram, sofreram e batalharam contra o regime, como o Sr. Pedro Lobo, ex-militar que se converteu ao socialismo e se tornou companheiro do Capitão Carlos Lamarca na luta contra a ditadura implantada em 1964. Veja matéria completa.

As próximas audiências terão como temas: o ano de 1964 no ITA; São José dos Campos e o ITA no ano de 1975; A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de São José dos Campos; Movimentos Estudantis de 1964 a 1985; Perda e Reconquista da autonomia política de São José dos Campos; e A luta pela anistia dos trabalhadores demitidos por greve no período da ditadura. Todas as audiências serão realizadas às quartas-feiras, às 14h, no plenário da Câmara, e serão transmitidas ao vivo pela TV Câmara, pelo canal 17 no sistema digital e 29 no analógico.