APESAR DA CRISE, FELICIO INTERDITA COOPERATIVA TEXTIL QUE AFETA 400 TRABALHADORES

APESAR DA CRISE, FELICIO INTERDITA COOPERATIVA TEXTIL QUE AFETA 400 TRABALHADORES

Compartilhe nas redes

Um prefeito que se preocupa com a população deveria achar uma saída negociada para ajudar as pessoas, principalmente neste momento de crise e desemprego. Infelizmente, isso não acontece com a atual gestão, que é indiferente à grave situação dos trabalhadores.

A Coopertêxtil, que é cooperativa de fios e algodão, que atua no antigo prédio da Tecelagem Parahyba, na região norte da cidade, foi interditada hoje pela prefeitura. A medida afeta mais de 400 trabalhadores. A cooperativa afirma   que a ação da prefeitura é mais uma tentativa de atacar a Coopertêxtil, que legitimamente reivindica a posse do seu espaço físico, comprado pelos cooperados em troca das dívidas trabalhistas devidas pela Antiga Tecelagem aos trabalhadores.

Toda solidariedade aos trabalhadores!

Deixe uma resposta

dois × 2 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.