Prefeitura faz entrega de certificado para mais de 1.800 alunos na quarta

Prefeitura faz entrega de certificado para mais de 1.800 alunos na quarta

A Prefeitura de São José dos Campos realiza nesta quarta-feira (16), às 18h30, a formatura de mais de 1.800 alunos que concluíram os cursos em 2015, pelo Programa Qualifica São José. A solenidade será no CEFE (Centro de Formação do Educador) Professora Leny Bevilacqua, (Avenida Olivo Gomes, 250 – Santana).

qualificaAlém dos cursos ministrados em parceria com Senai, Senac e Sesi, receberão certificados os participantes das oficinas, palestras e workshops realizados em parceria com a ETEP Faculdades e Sebrae. A cerimônia contará com a apresentação da Banda Regimental da Polícia Militar do CPMI-1.

Desde a sua criação em 2013, o programa atendeu mais de 10 mil pessoas em mais de cem cursos nas áreas de serviços, turismo, comércio e indústria, todos realizados em parceria com as instituições do Sistema S de ensino profissionalizante.

Só em 2015, foram 41 cursos, alguns com até seis turmas, oferecidos gratuitamente como as formações de modelista de roupas, excel avançado e informática básica. Com quatro turmas, também se formaram costureiras em máquina reta e overloque. O curso de operador de empilhadeira (NR11) teve sete turmas.

qualifica SESIAlém desses, o programa ofereceu formação para cuidador de idosos, NR10, gastronomia básica de bares e restaurantes, balconista de farmácia, instalador hidráulico, pintura automotiva, depilação, maquiagem, inglês, jardinagem e paisagismo, auxiliar de contabilidade, gestão de cooperativas, mecânico de motor otto.

Entre as palestras, oficinas e treinamentos foram oferecidas 11 de artesanato, quatro treinamentos em hidráulica e um em elétrica, além das 13 palestras voltadas à preparação dos candidatos para a disputa de vagas no mercado de trabalho.

O Qualifica São José é coordenado pela Secretaria de Relações do Trabalho e privilegia trabalhadores desempregados e com elevado grau de vulnerabilidade social e econômica, além dos demais interessados em qualificação.

 

 

Com informações da Prefeitura de São José dos Campos.

Qualifica e Sebrae promovem palestra sobre planejamento

Qualifica e Sebrae promovem palestra sobre planejamento

O Programa Qualifica São José está com inscrições abertas este domingo (22) para a oficina de formação “Sei Planejar”, realizada em parceria com o SEBRAE. As inscrições podem ser feitas pelo site do Programa Qualifica e pelo 156. A inscrição não garante a efetivação da vaga.

Os interessados devem ter ensino fundamental completo, ser maior de 18 anos e morar em São José dos Campos. A iniciativa vai ensinar aos empreendedores a importância do planejamento para abertura e manutenção de seu próprio negócio.

qualifica são joséO evento, que será na quinta-feira (26), às 18h, no auditório do Centro da Juventude (Rua Aurora Pinto da Cunha, 131 – Jardim América), é voltado àqueles que já são cadastrados como MEI (Microempreendedor Individual) e para profissionais que desejam iniciar um negócio.

Segundo o Secretário de Relações do Trabalho, a oficina é mais uma ação do Programa que visa dar um suporte para os alunos iniciarem o próprio negócio. “Temos vários casos de pessoas que passaram pelos cursos e já estão conseguindo gerar renda a partir do aprendizado obtido. No entanto, muitos não têm ideia de como começar, como buscar financiamento, falta consultoria para transformar o sonho em realidade”, disse o Secretário de Relações do Trabalho.

Para o Diretor de Apoio a Qualificação da Secretaria de Relações do Trabalho, a parceria com o SEBRAE dará a segurança que os alunos precisam. “A excelência do trabalho do SEBRAE é reconhecida e nos ajudará a fechar o ciclo de formação dos trabalhadores que fazem os cursos do Qualifica. A instituição já é uma grande parceira da Prefeitura e agora também nos ajudará a dar base para àqueles que querem abrir o próprio negócio.”

 

Qualifica São José

qualifica SESIDesde a sua criação em 2013, o programa atendeu mais de 10 mil pessoas em mais de cem cursos nas áreas de serviços, turismo, comércio e indústria, todos realizados em parcerias com as instituições do Sistema S de ensino profissionalizante.

Só em 2015, são 45 cursos oferecidos gratuitamente, nas áreas: administrativa, estética, gastronomia, ensino de idiomas, indústria, serviços e construção civil. Ao todo, foram 1312 vagas disponibilizadas em parceria com SENAI, SENAC e SESI. Além de várias palestras e oficinas.

Mais informações: Secretaria de Relações do Trabalho/Casa do Trabalhador (Praça Afonso Pena, 175, Centro), pelo telefone (12) 3923-5770 ou pelo site do Qualifica.

Campanha pelo fim da Violência contra Mulheres começa dia 20

Campanha pelo fim da Violência contra Mulheres começa dia 20

A Prefeitura de São José dos Campos realiza uma série de atividades durante a Campanha 16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra as Mulheres, que será entre os dias 20 de novembro e 10 de dezembro. A programação terá mais de 20 ações com foco na mulher. Serão informações para enfrentar os vários tipos de violência, como a sexual, doméstica, psicológica, física, entre outras.

16diasEssa é a terceira edição da campanha e o tema é “Estamos em Rede, em rede somos mais fortes”. O objetivo é apresentar o trabalho articulado realizado em São José dos Campos, com os diversos segmentos da sociedade, instituições públicas, conselhos populares, movimentos de mulheres e feministas, que visa prevenir a violência, enfrentar a discriminação e tudo que afeta a dignidade humana, com foco especial, neste período, para as mulheres.

 A realização da Campanha 16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra as Mulheres faz parte das diretrizes da Campanha Compromisso e Atitude – Lei Maria da Penha – A Lei é mais forte, assinada pela Prefeitura de São José dos Campos em 2013, em um pacto com o Governo Federal.

16diasA campanha ocorre desde 1991, quando foi lançada pelo Center for Women’s Global Leadership – CWGL (Centro de Liderança Global de Mulheres), realizada anualmente em cerca de 150 países, entre os dias 25 de novembro e 10 de dezembro. No Brasil, tem início no dia 20 de novembro (Dia Nacional da Consciência Negra), com o objetivo de destacar a dupla discriminação sofrida pelas mulheres negras.

A realização da Campanha 16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra as Mulheres é uma iniciativa da Secretaria de Promoção da Cidadania – Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Mulheres em parceria com Secretaria de Saúde, Conselho Municipal de Saúde, Conselhos Gestores de Unidades Básicas de Saúde (CGU’s), Secretaria de Educação, Fundação Cultural Cassiano Ricardo, Secretaria de Desenvolvimento Social, Fundhas, Centro Dandara de Promotoras Legais, Quilombelas – Núcleo de Mulheres Negras e Comitê do Laço Branco – Homens pelo fim da Violência Contra as Mulheres.

 

16 dias de Ativismo

O período da campanha, 25 de novembro a 10 de dezembro somam 16 dias e foi escolhido por conter datas importantes e simbólicas para as mulheres do mundo inteiro:
Dia 25 de novembro – Dia Internacional da Não Violência Contra as Mulheres – Data marcada pelo assassinato brutal das irmãs Minerva, Pátria e Maria Tereza, que ficaram conhecidas como “Las Mariposas”, ativistas pela liberdade política na República Dominicana, governado por Rafael Leônidas Trujillo de 1930 a 1961, conhecido por matar todos os opositores;
 1º de dezembro – Neste dia, em 1988, ocorreu o Encontro Mundial de Ministros da Saúde de 140 países, em Londres. A data passou a representar o Dia Mundial de Combate à AIDS. Dados estatísticos demonstram crescimento nos casos de mulheres contaminadas, inclusive no Brasil, fato que levou o Governo a lançar o Plano de enfrentamento da Feminização da AIDS e outras DST’s.
6 de dezembro – Em 1989, aconteceu o massacre de mulheres em Montreal no Canadá. Marc Lepine invadiu armado, uma sala de aula da Escola Politécnica, ordenou que os 48 homens saíssem, atirou e assassinou, a queima roupa, 14 mulheres que estavam no local, e em seguida suicidou-se. Uma carta justifica seu ato dizendo “não suportar a ideia de ver mulheres estudando Engenharia, um curso tradicionalmente voltado para os homens”. O massacre tornou-se símbolo da injustiça contra as mulheres e inspirou a criação da Campanha do Laço Branco, mobilização mundial de homens pelo fim da violência contra as mulheres. No Brasil, a partir de 2007, é o dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo fim da Violência contra as Mulheres (Lei 11.489/07).
10 de dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos – Em 10 de dezembro de 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos foi adotada pela ONU (Organização das Nações Unidas), como resposta à barbárie praticada pelo nazismo contra judeus e comunistas, e ainda às bombas atômicas lançadas pelos Estados Unidos da América sobre Hiroshima e Nagasaki, matando milhares de inocentes.

 

 

Programação

Sexta-feira (20)

9h às 12h – Dia Nacional da Consciência Negra
Seminário Municipal Sobre Notificação Compulsória – Ações em Rede – Notificar é precisoSecretaria de Promoção da Cidadania
Rua Aurora Pinto da Cunha, 131- Jardim Américas
15h
Chá com bonecas ou um motivo pra discutir gênero – Ações em Rede Arte, Cultura e CidadaniaCasa de Cultura Flávio Craveiro
Avenida Lênin, 200 – Dom Pedro I
18h
Sarafro – Sarau Afro – Ações em Rede – Arte, Cultura e CidadaniaCasa de Cultura Flávio Craveiro
Avenida Lênin, 200 – Dom Pedro I

Segunda-feira (23)

14 h
Bate papo Ações em Rede – Saúde e ViolênciaUBS (Unidade Básica de saúde) Telespark
Rua Benedito Pereira Lima, 210 – Telespark

Terça-feira (24)

9h
Bate papo Ações em Rede – Gênero e CidadaniaCRAS (Centro de Referência em Assistência Social) Santa Hermínia
Rua F, 200 – Santa Hermínia
14h
Roda de Mulheres – Trabalhadoras Rurais – Ações em Rede – Gênero e CidadaniaSede Social do Assentamento Nova Esperança- MST
Rua Canário, s/n (Acesso pela Estrada Pedro Moacir de Almeida – Estrada da Vargem Grande)
14h
Bate papo – Ações em Rede – Saúde e ViolênciaUBS (Unidade Básica de Saúde) Chácaras Reunidas
Praça Cariri, 104 – Chácaras Reunidas
19h
Bate papo – Ações em Rede -Gênero e CidadaniaFundhas Campos de São José – Unidade Petrobras
Rua Alexandre Souza Roberto, 20 – campos de São José

Quarta-feira (25)

Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher
9h às 12h – 13h30 às 17h
Curso de Formação Informação e Trocas de Experiências da “Rede de Serviços e Cuidados às Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar – Módulo Especifico: Notificação CompulsóriaSecretaria de Promoção da Cidadania
Rua Aurora Pinto da Cunha, 131- Jardim América
18h
Sarau da Carolina – Ações em Rede – Arte, Cultura e CidadaniaSecretaria de Promoção da Cidadania
Rua Aurora Pinto da Cunha, 131- Jardim América

Sexta-feira (27)

8h30
Bate papo – Ações em Rede – Saúde e ViolênciaUBS (Unidade Básica de Saúde) Jardim São José II
Rua Frediano Bianchi Filho, 220 – Jardim São José II

Sábado (28)

9h às 12h
2º Seminário do Laço Branco – Ações em Rede – Comitê Laço Branco| Masculinidades e GêneroSecretaria de Promoção da Cidadania
Rua Aurora Pinto da Cunha, 131- Jardim América

Domingo (29)

15h
Piquenique das MinaParque da Cidade Roberto Burle Max
Avenida Olivio Gomes, 100 – Santana

Segunda-feira (30)

8h30
Bate papo – Ações em Rede – Saúde e ViolênciaUBS (Unidade Básica de Saúde) Alto da Ponte
Rua Anselmo Carnevalli,82 – Alto da Ponte
18h
Roda de Mulheres do Centro Dandara – Ações em Rede
Rua Romeu Carnevalli, 86 – Jardim Bela Vista (Centro)

Terça-feira (1º de dezembro)

Dia Mundial de Combate a AIDS

14h
Bate papo – Ações em Rede – Centro Dandara de Promotoras Legais Populares

FUNDHAS Unidade Rosa Thomita
Rua Airton Senna da Silva, s/n – Jardim São José II

14h
Bate papo – Ações em Rede – Saúde e ViolênciaUBS (Unidade Básica de Saúde) Vila Paiva
Rua João Pedro da Rocha, 181 – Vila Paiva

Sábado (5 de dezembro)

9h
Caminhada Laço Branco – Homens pelo fim da Violência Contra as MulheresConcentração Praça Afonso Pena – Trajeto: Calçadão da Rua 7 de Setembro – Mercado Municipal
9h
Brechó e Ativismo – Centro Dandara de Promotoras Legais Populares
Rua Romeu Carnevalli, 86 – Jardim Bela Vista (Centro)

Segunda-feira (7 de dezembro)

14 h
Bate papo- Ações em Rede – Saúde e ViolênciaUBS (Unidade Básica de Saúde) São Francisco Xavier
Estrada Pedro Davi, s/nº, Distrito de São Francisco Xavier
14h
Reunião Rede de Serviços e Cuidados às Mulheres em Situação de Violência Doméstica e FamiliarCentro Dandara de Promotoras Legais Populares
Rua Romeu Carnevalli, 86 – Jardim Bela Vista (Centro)

Quarta-feira (9 de dezembro)

14h
Reunião do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher – Ações em Rede – Concretude e realizaçãoSecretaria de Promoção da Cidadania
Rua Aurora Pinto da Cunha, 131- Jardim América

Quinta-feira (10 de dezembro)

Dia da Declaração dos Direitos Humanos

10h
Bate papo – Ações em Rede – Saúde e Violência

UBS (Unidade Básica de saúde) Putim
Rua Roberto Aparecido Cruz, 100 – Jardim Santo Onofre

14h
Bate papo – Ações em Rede – Saúde e ViolênciaUBS (Unidade Básica de Saúde) Campo dos Alemães
Avenida José Izaltino Silva, s/nº – Campos dos Alemães
9h às 12 – 13h30 às 17h
Encerramento da edição 2015 e Formatura da 3ª Turma do Curso de Formação, Informação e Trocas de Experiências “Rede de Serviços e CuidadosSecretaria de Promoção da Cidadania
Rua Aurora Pinto da Cunha, 131- Jardim América

 

 

Com informações da Prefeitura de São José dos Campos

Mulheres são protagonistas do processo de inclusão social no Brasil, afirma Dilma na ONU

Mulheres são protagonistas do processo de inclusão social no Brasil, afirma Dilma na ONU

A presidenta Dilma ressaltou o esforço do governo na construção da igualdade de gênero, com empoderamento da mulher e com a ampliação de seus direitos

Durante encontro de líderes globais sobre igualdade de gênero e empoderamento das mulheres, nas Nações Unidas, no último domingo (27), a presidenta Dilma Rousseff destacou as ações do governo brasileiro na construção de políticas de igualdade de gênero nas mais diversas dimensões: trabalho, educação, combate à violência e legislação, entre outras.

A presidenta ressaltou que tem sido um esforço contínuo do governo a construção da igualdade de gênero, com empoderamento da mulher e com a ampliação de seus direitos. Entre as principais medidas, Dilma destacou os avanços na legislação, com a Lei Maria da Penha e a Lei do Feminicídio, por exemplo. Mas ela frisou que, além da legislação, as mulheres brasileiras têm sido beneficiadas com políticas de inclusão social e de acesso a melhores condições de vida.

As mulheres também vêm sendo protagonistas do processo de inclusão social em curso no Brasil. Elas são as principais receptoras das políticas de renda e de acesso à moradia, à saúde e à educação. Ao superarmos a fome e darmos prioridade ao combate à pobreza, demos oportunidades para milhões de mulheres construírem suas vidas e de suas famílias. No Brasil, a pobreza tinha face: era mulher, era negra e era jovem”, afirmou.

A presidenta defendeu que o País precisa seguir avançando na conquista da igualdade de oportunidades para as mulheres. “Devemos percorrer o caminho do nosso empoderamento. As mulheres não são apenas destinatárias de políticas e de iniciativas públicas. Devemos falar por nós mesmas”, garantiu.

 

 

 

 

 

Comunicação Social – Secretaria de Políticas para as Mulheres – SPM

Duplicação do viaduto Kanebo segue em ritmo acelerado

Duplicação do viaduto Kanebo segue em ritmo acelerado

Kanebo - Bairro Centro 5Iniciado em julho, o projeto já está em fase de fundação e finalizou a concretagem de vigas. Nesta etapa, serão necessárias algumas intervenções no trânsito, para garantir segurança dos motoristas.

A partir desta terça-feira (22), a alça de acesso à marginal sul da via Dutra (sentido São Paulo) será interditada para a execução dos trabalhos. O acesso permanecerá fechado até o sábado (26). O mesmo procedimento exigirá ainda a interdição de uma faixa da Avenida Deputado Benedito Matarazzo.

Todo o local estará sinalizado e contará com o apoio de agentes de trânsito nos períodos de maior fluxo. A Secretaria de Transportes orienta que o motorista faça o retorno no trevo da Avenida Jorge Zarur, retornando pelo Anel Viário para acessar a região do Aquarius. Outra alternativa é utilizar a saída para a Avenida Jorge Zarur e seguir até a Avenida Deputado Benedito Matarazzo.

Kanebo - Bairro Centro 3A expectativa é que os trabalhos de fundação sejam concluídos no próximo mês, quando então será possível implantar as primeiras estruturas no local.

Mais de 54 mil veículos passam diariamente pelo Viaduto Kanebo. Na etapa inicial dessas obras, foram construídas nove vigas de concreto, com 50 metros e cerca de cem toneladas cada, que servirão de apoio para as duas novas faixas. Essas vigas estão entre as maiores do país.

Viaduto Kanebo

Desde abril do ano passado, os motoristas que trafegam pelo Viaduto Kanebo no sentido sul contam com duas faixas extras de rolamento que otimizaram o trânsito no local. A duplicação do viaduto foi retomada em 2013 pela Prefeitura, que investiu cerca de R$ 10 milhões nessa primeira etapa.

Personagens Viaduto Kanebo e estrada do Imperador. Foto: Antonio BasilioEm março deste ano, a administração municipal conseguiu os recursos necessários para realizar a obra de alargamento da pista no sentido oposto, garantindo que os condutores que trafegam no sentido centro também pudessem ser beneficiados.

Estão sendo investido cerca de R$ 11,5 milhões para a duplicação das faixas de rolamento, uma delas só para o acesso à alça da Via Dutra, além de calçada e adequação da avenida e acessos para melhorar a fluidez no trânsito. As obras devem ser concluídas em julho de 2016.

 

 

Com informações da Prefeitura de São José dos Campos