Projeto DNA auxilia bolsistas do PIQ na recolocação profissional

Projeto DNA auxilia bolsistas do PIQ na recolocação profissional

JOU_4299Os novos bolsistas que ingressam no PIQ (Programa de Incentivo à Qualificação), coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura, estão participando de um treinamento denominado DNA (Desenvolvendo Novas Atitudes). O objetivo do projeto é fazer com que o bolsista explore todas as oportunidades oferecidas pelo PIQ e deixe a condição de vulnerabilidade.

O projeto também propõe motivar, capacitar, qualificar e estimular o bolsista para as atividades que irá desenvolver, oferecendo noções de cidadania e política pública. Os 500 bolsistas inseridos no PIQ este mês passarão pela capacitação.

O projeto começou de forma experimental em agosto do ano passado e agora foi implantado de forma regular. As aulas ocorrem às terças, quartas e quintas-feiras, no período da manhã. Até o momento, mais de 500 bolsistas já fizeram o treinamento.

Segundo o instrutor José Carlos da Silva, gestor de RH com especialização em psicologia organizacional, o curso oferece treinamento e integração, reformula conceitos de cidadania e economia doméstica, além de preparar o bolsista para a profissionalização. “O tempo de permanência no PIQ é de três anos, então o bolsista tem que ser motivado a continuar aprendendo”, disse.

O DNA também veio com o propósito de auxiliar o bolsista no futuro. “Constatamos a importância de um acompanhamento sistemático durante todo o período, de maneira que ao deixarem o programa eles se sintam qualificados e tenham um mínimo de segurança para se reinserir no mercado”, completou.

O DNA é apresentado em encontros periódicos, dinâmicos e com um linguajar acessível e claro. A metodologia de trabalho com os bolsistas está dividida em quatro eixos principais: Ser, Conviver, Fazer e Aprender, distribuídos em cinco encontros a cada seis meses de 9 horas/aula, com duração de 3 horas/aula cada encontro.

Atualmente, o PIQ conta com 1.500 bolsistas atuando em diversas secretarias municipais. Além da bolsa no valor de R$ 811, eles recebem vale-alimentação no valor de R$ 100 e vale-transporte. Os bolsistas também participam, durante oito horas por semana, de cursos de capacitação profissional. Do ano passado para cá, 117 bolsistas deixaram o programa antes dos 3 anos para ser inseridos no mercado de trabalho.

 

Fonte: Prefeitura de São José dos Campos

Prefeitura lança novo edital para projeto do MOBI em São José

Prefeitura lança novo edital para projeto do MOBI em São José

onibusjcO governo do PT em São José dos Campos tem investido muito em mobilidade urbana, pensando e planejando uma cidade do futuro em que pedestres, ciclistas, carros e transporte coletivo convivam em segurança. Para isso, o prefeito Carlinhos Almeida tem investido em obras viárias, modernização do sistema de transporte público e criado alternativas para o deslocamento na cidade, como a criação de novas ciclovias.

Hoje (9/4) a Prefeitura de São José dá mais um importante passo em direção ao futuro, publicando o edital de pré-qualificação para as empresas interessadas na concorrência do Mobi, o novo sistema de transporte de massa que será implantado no município. O edital prevê a divisão da obra em dois lotes, com possibilidade de participação de empresas ou consórcios para a construção dos corredores do BRT (sigla em inglês para Bus Rapid Transit). O edital estará disponível no site da Prefeitura (www.sjc.sp.gov.br ) e prevê entrega dos envelopes até o dia 20 de maio.

A pré-qualificação é uma etapa do processo de licitação prevista em lei e recomendada para concorrências de alta complexidade técnica. Ela substitui o processo de habilitação convencional e será feita com base no projeto funcional já desenvolvido para o sistema.

Para ser aprovada na pré-qualificação, as empresas interessadas deverão demonstrar capacidade técnica e financeira para realizar a obra, incluindo depósito caução de R$ 3,2 milhões. As habilitadas irão disputar um contrato de aproximadamente R$ 400 milhões para cada lote. “A pré-qualificação é uma forma das empresas anteciparem a apresentação dos documentos e assim nós ganhamos agilidade na realização da licitação”, disse o secretário de Obras, Dalton Ferracioli.

Mobi

No Mobi, os ônibus vão trafegar em corredores exclusivos, com uma extensão aproximada de 51 Km em todas as regiões cidade. Também serão construídas estações para tornar mais rápido o acesso dos passageiros e aumentar velocidade operacional.

O sistema conta ainda com monitoramento centralizado, ônibus com GPS, semáforos inteligentes para passagem preferencial aos coletivos, integração com o sistema de transporte público e informações em tempo real ao usuário. Esse sistema tem sido adotado em cidades de médio porte para o transporte rápido de massa.

F00017851gProjeto básico

Na próxima semana a administração Carlinhos vai iniciar a contratação do projeto básico para a obra. A proposta será elaborada em conformidade com as diretrizes do Plano de Mobilidade Urbana de São José dos Campos, que está sendo desenvolvido pela Secretaria de Transportes com a participação da população. As oficinas foram encerradas em fevereiro e agora a Prefeitura prepara a apresentação técnica do Plano de Mobilidade, que será feita em duas audiências públicas.

Confira algumas das ações que estão preparando São José para o futuro

Bilhete Único

Implantado em 2013, o Bilhete Único significa integração de verdade: o passageiro que tem o cartão pode, no período de 2 horas, pegar até 4 ônibus, pagando apenas uma única tarifa e isso tudo em qualquer sentido.

Corredores de ônibus

corredor de onibusCom eles, houve redução no tempo de deslocamentos na região central, o que diminui o tempo das viagens em toda a cidade.

Novos ônibus

Em 2013 a administração entregou 101 novos ônibus (9 articulados: de 18,97m e capacidade para 130 passageiros, 40 da Expresso Maringá (13 metros), 51 da CS Brasil (13 metros) e 1 veículo de 15 m). Já em 2014 foram 20 novos ônibus (15 de 13,48m para substituir veículos antigos de 19,95m para atender as linhas da regiões do Putim, Interlagos, Campos de São José e Campo dos Alemães) e 5 de 12,7m para substituir os veículos de 11,2m (que atendem as linhas do Jardim Uirá).

Transporte Adaptado

O transporte adaptado oferecido de forma gratuita exclusivamente às pessoas com mobilidade reduzida severa, temporária ou permanente, que se encontram impossibilitadas de utilizar o transporte coletivo urbano em atividades diárias, como tratamentos e consultas médicas foi ampliado. Em 2013 foram 15 vans (com capacidade para 3 cadeirantes cada) e 2014 foram 21 vans (com capacidade para 4 cadeirantes cada). Assim, os atendimentos diários saltaram de 200 para 500 por dia.

Novo Acesso Livre

O novo Acesso Livre agilizou em até 80% o tempo de espera dos usuários. A unidade emite as credenciais de estacionamento para vagas preferenciais, cartões de isenção do transporte público para pessoas com mais de 60 anos e com deficiência, além da realização de perícias médicas para o atendimento pelo transporte adaptado. O Acesso Livre atende cerca de 300 pessoas por dia.

E-passe

Antes o aluno tinha que pegar o carimbo da escola, levar até o consórcio para então conseguir o passe. Agora é tudo pela Internet. O E-Passe substituiu o modelo de carimbo mensal que vigorou por três décadas na cidade. O novo sistema funciona desde janeiro e já conta com 15 mil estudantes cadastrados. Entre as facilidades estão o cadastro feito pela internet e pagamento via boleto bancário. A criação do E-Passe foi uma exigência da Prefeitura e não teve custo adicional para o município.

Iluminação em pontos de ônibus

A Prefeitura instalou iluminação em 160 pontos de ônibus em várias partes da cidade, contemplando bairros de várias regiões, como Vila Industrial, Bosque dos Eucaliptos, Satélite, Campo dos Alemães, Morumbi, Urbanova, Jardim Esplanada, entre outros.

Os pontos receberam iluminação para proporcionar mais segurança e conforto ao usuário do transporte coletivo.

Internet gratuita nos ônibus

O serviço foi implantado nos nove articulados e outros 30 ônibus do transporte coletivo. A conexão é gratuita. Para ter acesso ao wi-fi nos ônibus, o usuário precisa cadastrar o login e a senha do serviço na primeira vez que usar a rede. O código é o mesmo para ambos: wifisjc. Daí em diante, o acesso é instantâneo.

MoovitMoovit

O aplicativo permite aos usuários do transporte coletivo da cidade o acesso online às informações de horários e linhas de ônibus em cada ponto por meio do aparelho de telefone celular. O sistema já tem mais de 10 mil usuários cadastrados na cidade.

Obras Viárias

desde o início da administração Carlinhos Almeida, já foram pavimentados ou recapeados 72km por toda cidade. Foram 28 bairros atendidos e R$ 135 milhões investidos em 2013 e 2014. Os bairros asfaltados foram Coqueiro (todas as ruas), Nova Detroit (4 ruas), Campos de São José (7 ruas), Santa Hermínia (corredores de ônibus), Santa Maria (corredores de ônibus). Já estão recebendo obras de asfalto o Recanto dos Eucaliptos (3 ruas), Santa Hermínia (no bairro todo), Santa Maria (no bairro todo), Chácaras Araújo (no bairro todo) e Pousada do Vale. E mais! A região do Esplanada também recebeu novo asfalto, a Estrada do Imperador também teve o asfalto refeito e foi implantada a 3° faixa na avenida que dá acesso ao Urbanova (próximo ao Colinas).

Ampliação de ciclovias

Na administração tucana de São José, a média de implantação de ciclovias era de apenas 2 km por ano. Agora, com o PT, entre 2013 e 2015 foram criados mais 28 km por toda cidade, em uma média de mais de 10 km por ano!

Viaduto Kanebo

A obra estava parada quando Carlinhos assumiu. Em pouco tempo ampliou a ponte no sentido centro bairro o que deu mais fluidez ao trânsito. Antes das obras, a capacidade do viaduto era de 3.648 veículos por hora, agora é de 7.015. E já foi anunciada a duplicação do Kanebo no sentido Bairro/ Centro.

Via Aeroporto-Tamoios

A tão esperada Via Aeroporto/Tamoios melhorou a vida de quem precisa acessar a região sudeste e facilita o acesso à Rodovia dos Tamoios, desafogando o tráfego na Avenida dos Astronautas, no Viaduto Bandeirantes e no acesso à Rodovia Presidente Dutra. Com isso, 46 mil moradores dos bairros da região sudeste estão sendo beneficiados. São 1.550 metros de extensão contam com ciclovia, canteiro central, duas faixas de rolamento em cada sentido e calçadas para pedestres.

Acesso à Via Aeroporto/Tamoios

Com investimento de cerca de R$ 900 mil, a Prefeitura inicia revitalização do acesso à via Aeroporto-Tamoios. A Prefeitura de São José está revitalizando a Avenida, que dá acesso a nova ligação do Aeroporto à Rodovia dos Tamoios, na região sudeste da cidade. A avenida Doutor Amin Simão será totalmente recuperada, com recapeamento, novas calçadas, guias e sarjetas, 350 metros de ciclovia, interligando a região da Embraer com os trechos cicloviários já existentes na Tamoios.

Via Cambuí

A via Cambuí está a caminho com extensão de 8,6 quilômetros, com três faixas por sentido, canteiro central, calçada e ciclovia e será construída próxima da Via Aeroporto/Tamoios.

E teve muito mais conquistas

Foram implantados ainda a Tecnologia para a mobilidade no transporte público com informação em tempo real e no estacionamento rotativo, a volta dos ônibus articulados com rede Wifi, a construção da nova ponte da Av.Guadalupe, entre outras.

Com informações da Prefeitura de São José dos Campos

Semana do microempreendedor individual começa dia 13

Semana do microempreendedor individual começa dia 13

SEI - SebraeSPCom ações especiais de atendimento, oficinas e palestras, será realizada entre os dias 13 e 18 de abril a Semana do Microempreendedor Individual (MEI) em São José dos Campos. O evento ocorrerá em uma tenda montada no Largo São Benedito, em frente à Praça Afonso Pena, no centro da cidade.

Além de seis mesas para o atendimento, a tenda comporta um miniauditório de 30 lugares. O espaço ficará aberto de segunda (13) a sexta-feira (17), das 9h às 17h, e no sábado (18) até 12h.

O evento é realizado pelo Sebrae-SP com apoio da Prefeitura (através da Sala do Empreendedor), do BEJ (Banco do Empreendedor Joseense) e do BPP (Banco do Povo Paulista), da Assecon (Associação das Empresas Contábeis do Vale do Paraíba), do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), do INSS do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.

Semana do MEI

Plantão de Atendimento do Sebrae-SP
Data: 13 a 18 de abril
Horários: 9h-17h (segunda a sexta) e 9h-12h (sábado)
Local: Largo São Benedito, no Centro, em frente à Praça Afonso Pena
Atendimento de parceiros (Sala do Empreendedor, BEJ, BPP, Assecon, INSS, Ciesp, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal)


Data: 13 de abril (segunda-feira) das 10h às 11h ou das 13h às 14h
Palestra “Balcão de crédito: informações sobre as principais linhas existentes”

Data: 13 de abril (segunda-feira) das 15h às 16h30
Palestra “Segurança na manipulação dos alimentos” – Nutricionista do SESI

Data: 14 de abril (terça-feira) das 14h às 17h
Oficina “SEI Empreender”

Data: 15 de abril (quarta-feira) das 14h às 17h
Oficina “SEI Vender”

Data: 16 de abril (quinta-feira) das 14h às 15h30
Palestra do Corpo de Bombeiros “Segurança e riscos”

Data: 17 de abril (sexta-feira) das 14h às 17h
Oficina “SEI Controlar meu dinheiro”


Outras palestras serão ministradas nos dias 14, 15 e 16 de abril no Escritório Regional do Sebrae-SP em São José dos Campos. Veja a programação:

Data: 13 de abril (segunda-feira) das 14h às 15h
Palestra “Como se tornar microempreendedor individual”
Ao final da palestra, um representante da Sala do Empreendedor tirará dúvidas sobre formalização

Data: 14 de abril (terça-feira) das 18h30 às 20h30
Palestra “Planejamento: Primeiro passo para começar o seu negócio”

Data: 15 de abril (quarta-feira) das 18h30 às 20h30
Palestra “Internet na medida”

Data: 16 de abril (quinta-feira) das 15h às 17h
Palestra “Como se tornar microempreendedor individual”
Ao final da palestra, um representante da Sala do Empreendedor tirará dúvidas sobre formalização

Data: 16 de abril (quinta-feira) das 17h30 às 21h30
Seminário “Excelência da gestão”

 

Fonte: Prefeitura de São José dos Campos e SEBRAE-SP

Prefeitura realiza obra de contenção no Jd. Morumbi

Prefeitura realiza obra de contenção no Jd. Morumbi

A administração Carlinhos Almeida trabalha forte em obras de manutenção em toda a Cidade. No Jardim Morumbi, na região sul de São José, a obra de contenção emergencial da erosão causada pelo rompimento da galeria há dez dias avançou nesta terça-feira (31).

Morumbi - Aduela 1Foram implantadas aduelas de concreto que vão recompor a galeria de águas pluviais. A tubulação é antiga e possui um histórico de incidentes desde 2006, antes da construção dos empreendimentos que hoje ocupam a área. Além do tempo de uso, os tubos estavam comprometidos pela corrosão.

Os técnicos da Prefeitura estiveram no local acompanhando o trabalho. Cada uma das aduelas de concreto pesa 6,8 toneladas e foi necessário o uso de maquinário específico para implantá-las no fundo do canal, cerca de 10 metros abaixo do nível do solo.

A Prefeitura irá refazer 70 metros da galeria com a mesma técnica, evitando que novos problemas de erosão ocorram na área. O trabalho deverá ser concluído em até 120 dias.

Com informações da Prefeitura de São José dos Campos
Fonte: São José Melhor

São José no combate contra a dengue

São José no combate contra a dengue

Dengue CampanhaA dengue é uma doença infecciosa aguda de curta duração, de gravidade variável, conforme o tempo em que é reconhecido o diagnóstico e iniciado o tratamento, com potencial causar morte. Ela é transmitida principalmente pelo mosquito Aedes aegypti, que pica durante o dia.
As epidemias geralmente ocorrem no verão, durante períodos chuvosos ou imediatamente depois.
A Prefeitura faz ações de controle do vetor com vistorias de rotina, mutirões, recolhimento de criadouros, controle químico, ações educativas para eliminar criadouros e mosquitos e conscientizar a população de acordo com os cuidados necessários.

Sintomas

Dor muscular e nas juntas;
Dor de cabeça e no fundo dos olhos;
Febre alta de início repentino;
Manchas vermelhas no corpo;
Falta de apetite;
Desânimo;
Às vezes, ocorre sangramento de gengiva e nariz;
Dengue hemorrágica;
Sintomas da dengue comum;
Queda brusca de temperatura;
Diminuição da pressão arterial;
Arroxeamento dos lábios e das extremidades;
Sangramentos (pele, nariz, gengiva e aparelho digestivo);
Dor abdominal;
Alternância de sonolência e agitação.

Tratamento

Quem apresentar os sintomas deve procurar imediatamente um serviço de saúde. Não devem ser usados medicamentos à base de ácido acetilsalicílico (os mais comuns são o AAS adulto e infantil e a Aspirina).


Não existe vacina contra a dengue. A única forma de prevenção é evitar água parada para que não haja a formação de criadouros do mosquito transmissor dentro de casa ou no local de trabalho.

Encha de areia os pratinhos de plantas;
Evite planta aquática. Substitua a bromélia por outro tipo de planta que não acumule água (enquanto essa providência não for adotada, regue abundantemente com mangueira sob pressão duas vezes por semana);
Não acumule entulho e lixo;
Mantenha a piscina sempre tratada com cloro;
Retire a água acumulada da laje;
Mantenha a lixeira sempre fechada;
Guarde pneus em lugares cobertos;
Guarde garrafas e baldes sempre virados para baixo;
Lave pelo menos duas vezes por semana, com água e sabão, os vasilhames onde é servida água para animais domésticos;
Mantenha bem tampados caixas e reservatórios de água;
Mantenha a tampa do vaso sanitário abaixada;
Se a caixa de descarga não tiver tampa, é necessário fechar com plástico e fita adesiva.;
Ao sair de casa,  feche a tampa dos ralos internos ou cubra-os com tapetes ou objetos.