Entrega de Ebooks da comissão da Verdade será nesta terça-feira

Entrega de Ebooks da comissão da Verdade será nesta terça-feira

comissao da vdd

O Lançamento oficial do Ebook da Comissão da Verdade de São José dos Campos – Professor Michal Gartenkraut será realizada nesta terça-feira (25/08), no Plenário da Câmara Municipal de São José dos Campos (Rua Des. Francisco Murilo Pinto, 33 – Vila Sta Luzia).

08-out-13-Comissão-da-Verdade-4Na ocasião serão entregues cópias dos livros digitais aos depoentes, contendo todo o histórico das sessões, dados colhidos e depoimentos de pessoas que foram perseguidas e torturadas na cidade durante a ditadura militar. Ao todo, foram realizadas 10 sessões com objetivo de apurar violações de direitos humanos que teriam ocorrido na cidade na ditadura militar (1964-1985).

As sessões foram divididas pelos temas: O ano de 1964 em São José dos Campos; O ano de 1964 no ITA; São José dos Campos e o ITA no ano de 1975; A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de São José dos Campos; Movimentos Estudantis de 1964 a 1985; Perda e Reconquista da autonomia política de São José dos Campos; e A luta pela anistia dos trabalhadores demitidos por greves no período da ditadura.

 

 

Câmara Municipal entrega relatório final da Comissão da Verdade na próxima semana

Câmara Municipal entrega relatório final da Comissão da Verdade na próxima semana

Após 14 audiências públicas entre 2013 e 2014, a Comissão da Verdade Michal Gartenkraut, de São José dos Campos, conclui seus trabalhos com a entrega do relatório final à Comissão Estadual. A cerimônia acontece no dia 9 de dezembro, a partir das 18h, no Plenário Mario Scholz, da Câmara.

A instauração da Comissão teve o intuito de apurar violações dos Direitos Humanos e reconstruir a história da cidade durante o período da Ditadura Militar. Presididas pela vereadora Amélia Naomi, as audiências públicas contaram com depoimentos de pessoas que vivenciaram experiências e sofreram neste período.

“Desde agosto de 2013, avalio que conseguimos envolver vários segmentos da cidade na Comissão. Sindicatos, escolas particulares e públicas, universidades. E o legado importante que daremos é a reflexão, pois para aqueles que ainda duvidavam, São José teve sim pessoas perseguidas, que tiveram violados os seus direitos humanos como os nossos colaboradores Pedro Lobo, Ovídio Ferreira Dias e Luiz Paulo Costa”, afirmou Amélia.

Tomada por relatos emocionados, a Comissão da Verdade teve como integrante os vereadores Dulce Rita, Willis, Tonhão Dutra e Shakespeare Carvalho.

“Que cada vez mais entidades, parlamentos e demais poderes executivo e judiciário, promovam ações como a realizada na Comissão da Verdade, para que os horrores dos anos de chumbo não voltem a ser realidade. Esperamos que a sociedade aprenda o valor da democracia e lute cada vez mais pelo seu fortalecimento” finalizou a vereadora.

Amélia Naomi comenta ações no Visão Parlamentar

Amélia Naomi comenta ações no Visão Parlamentar

A Presidenta da Câmara de São José dos Campos, vereadora Amélia Naomi é a entrevistada desta quarta-feira (11), do programa VISÃO PARLAMENTAR, que será exibido, às 20h, no canal 7 da NET Digital e 29 NET analógico.

Durante a entrevista Amélia destacou a importância do trabalho e os desafios a frente da Presidência do Legislativo, como a realização do Concurso Público.

Comentou sobre as iniciativas promovidas para tornar a Câmara mais participativa e mais próxima da população, como as Audiências Públicas e Palestras, os trabalhos da Comissão da Verdade Michal Gartenkraut.

Além disso, a vereadora ressaltou as campanhas institucionais em especial as de defesa da Mulher, pactuadas pelo Acordo de Cooperação Técnica da Campanha Compromisso e Atitude – Lei Maria da Penha, na qual a Câmara é signatária junto com o Tribunal de Justiça de SP e Prefeitura de São José dos Campos.

Ainda com relação as campanhas, Amélia Naomi destacou a iniciativa da Câmara Verde, que visa tornar as práticas no Legislativo mais sustentáveis, além da importância da conscientização do respeito as vagas preferenciais, tema abordado na Multa Moral.

EDUCAÇÃO – A vereadora aproveitou também a oportunidade para lembrar do seu trabalho em prol da expansão do Ensino Técnico, via Pronatec e também do Ensino Superior, por meio da campanha pela ampliação dos cursos na UNIFESP.

O PROGRAMA – Produzido pela TV Câmara de São José dos Campos, o PROGRAMA VISÃO PARLAMENTAR apresenta os temas em debate e os trabalhos realizado pela Câmara Municipal.

Todos os vereadores da cidade são entrevistados e tem a oportunidade de apresentar seus projetos, suas propostas, ou falar sobre seus trabalhos nas comissões temáticas da Câmara.

VISÃO PARLAMENTAR é exibido sempre às quartas-feiras às 20h – com reapresentação às sextas-feiras às 14 horas. A programação da TV Câmara é transmitida pelo canal 7 digital e 29 analógico da Net.
Na internet click no link abaixo e assista:
http://www.camarasjc.sp.gov.br/assista.php

“Golpe na Tela” traz filme premiado e debate com a atriz Denise Fraga

“Golpe na Tela” traz filme premiado e debate com a atriz Denise Fraga

A edição do “Projeto Golpe na Tela” de junho vai apresentar o filme “Hoje” nesta segunda-feira (09), às 19h, no Cine Santana (Av. Rui Barbosa, 2005 – Santana). Após a sessão, haverá um bate-papo com a atriz Denise Fraga, que protagoniza o filme ao lado do ator César Troncoso.

O longa-metragem dirigido por Tata Amaral ganhou seis prêmios no 44º Festival de Brasília, incluindo a categoria de Melhor Filme. O filme conta a história de Vera (Denise Fraga) e seu marido Luiz (César Trancoso), que foram militantes políticos na época da ditadura militar. Em 1998, Vera recebe uma indenização do governo pelo desaparecimento do marido, vítima da repressão provocada pelo golpe.

Com o dinheiro, ela consegue comprar um apartamento próprio, além de finalmente ser reconhecida como viúva. Ela vê o fantasma de Luiz, fazendo com que se recorde de todas as torturas sofridas no período de regime militar no Brasil.

A convidada desse mês, a atriz Denise Fraga, tem diversos trabalhos em teatro, televisão e cinema. Ficou seis anos em cartaz atuando como a empregada Olímpia na peça “Trair e Coçar é Só Começar”. Entre as novelas que participou estão “Bambolê”, “Barriga de Aluguel”, “Sangue do Meu Sangue”, “Uga Uga” e “Éramos Seis”. Ela também se destacou por quadros do Fantástico como “Retrato Falado” e “Te Quiero América”. Além de “Hoje”, a atriz participou de cerca de 20 filmes entre eles “Cristina Quer Casar” e “O Auto da Compadecida”.

Criado em abril, o projeto “Golpe Na Tela”, da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, em parceria com a Comissão da Verdade Michal Gartenkraut, exibe e debate narrativas que ilustram a época da Ditadura Militar, seus envolvidos e consequências. Recolhendo lembranças desse período que marcou a história do país, os filmes promovem uma reflexão crítica sobre o que aconteceu há 50 anos.

Fonte: Fundação Cultural Cassiano Ricardo

Comissão da Verdade: ex-prefeito de São José depõe sobre reconquista da autonomia política na cidade

Comissão da Verdade: ex-prefeito de São José depõe sobre reconquista da autonomia política na cidade

Nesta segunda-feira (19), a Câmara Municipal realizou a segunda parte de duas audiências públicas da Comissão da Verdade. Foram retomados os temas “A perda e a reconquista da autonomia política do município” e “Faculdade de Arquitetura Elmano Ferreira Veloso”.

O prefeito Carlinhos Almeida esteve presente na audiência para acompanhar o depoimento de Robson Riedel Marinho, prefeito de São José dos Campos entre os anos de 1983 e 1986.

Na época, filiado ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), que se opunha ao regime militar, Marinho lembrou que aos 18 anos, logo que se filiou ao partido, foi perseguido e preso pela Aeronáutica.

Segundo ele, o crescimento do MDB em São José foi fundamental para a reconquista da autonomia política na cidade, que aconteceu antes mesmo do fim da Ditadura no país.

Ex-alunos da Faculdade de Arquitetura da cidade comentam período ditatorial

A segunda parte da Comissão ouviu ex-alunos da Faculdade de Arquitetura Elmano Ferreira Veloso, que foi formada em meio a Ditadura Militar.

José Zanini Filho entregou à vereadora Amélia vários documentos e recortes de jornais da época, para inclusão nos anais da Comissão. Décio Amadio comentou sobre as dificuldades enfrentadas na época, com a sociedade já sofrendo as conseqüências do Ato Institucional 5, decretado em 1968, um ano antes do início dos trabalhos da Faculdade.

Marcio Penteado, outro ex-aluno, falou sobre as ações do professor Vicente Bicudo, primeiro diretor da instituição, para trazer alunos a São José e ajudar na elaboração do projeto da Faculdade. Além do depoimento, o arquiteto trouxe também três trabalhos para inclusão nos arquivos da Comissão.

Comissão da Verdade em São José

Instituída na cidade, sob o nome de Michal Gartenkraut, ex-reitor do ITA, a Comissão da Verdade é presidida pela vereadora Amélia Naomi, e integra o jornalista e ex-vereador Luiz Paulo Costa e os vereadores Dulce Rita (PSDB), Walter Hayashi (PSB), Willis (PP), Carlinhos Tiaca (PMDB), Tonhão Dutra (PT) e Shakespeare Carvalho (PRB). Para acompanhar ao vivo as audiências, acesse www.camarasjc.sp.gov.br ou sintonize a TV Câmara pelos canais 7 ou 29 da NET.