Mutirão de Castração de cães atinge meta

Mutirão de Castração de cães atinge meta

A construção de uma Política Pública voltada a Proteção Animal ganhou no último domingo (4) um importante reforço com a realização do mutirão de castração de cães da região do Parque Interlagos e Jardim Mesquita. A ação promovida pelo Centro de Controle de Zoonoses, com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente foi realizada após várias reuniões da vereadora Amélia Naomi com ongs e protetores independentes, que reivindicam um programa de castração permanente na cidade.

Presentes no evento realizado na Escola Municipal Ruth Nunes da Trindade, o prefeito Carlinhos Almeida e a presidenta da Câmara, vereadora Amélia Naomi, conversaram com a população, que elogiou a iniciativa. No local, os animais previamente inscritos, passaram por uma avaliação de um veterinário, atestando condições de saúde para serem submetidos à cirurgia. Os cães aptos receberam uma identificação e foram encaminhados para castração no CCZ.

“Essa foi uma ações tiradas na reunião com o Prefeito Carlinhos, ongs e protetores independentes. Paralelamente, o CCZ está sendo equipado para oferecer o serviço de castrações permanente. Nossa meta é iniciar o serviço até o início de 2014”, disse a vereadora Amélia Naomi.

Posse responsável – Enquanto aguardavam o retorno de seus cães, os moradores receberam orientações e também assistiram a uma peça de teatro, orientando os proprietários sobre a importância da posse responsável.

Foram castrados 100 animais, atingindo a meta estabelecida pela equipe.  A ação do CCZ objetiva a diminuição do crescimento desordenado da população canina, o abandono destes animais nas vias públicas e a transmissão de doenças. Com o controle populacional de cães, diminuem-se os riscos de doenças, principalmente as zoonoses que podem acometer a população humana.

Segundo a veterinária do CCZ Marjorie de Oliveira Franco, o bairro Parque Interlagos foi escolhido para atender a solicitação das organizações não governamentais (ONGs) de proteção aos animais que relataram problemas com a grande concentração de cães no bairro.

“Todos os animais que passaram pela cirurgia receberam de seus donos os cuidados pós-operatórios necessários, com a devida orientação nossa”, disse a veterinária.

Segundo a Secretaria de Saúde o mutirão contou com o trabalho de 17 médicos veterinários. Uma equipe de 66 pessoas atuará desde a recepção e triagem do animal até o transporte, cirurgia e devolução ao respectivo dono. Tudo sob a coordenação do CCZ.

Texto: Alessandra Jorge com informações site www.sjc.sp.gov.br

Fotos: Charles Moura – PMSJC

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.