Com o PT, a fila anda

Com o PT, a fila anda

Emoção, ansiedade, alegria e muita festa acompanhou o sorteio das 1317 unidades habitacionais hoje, no Pavilhão Gaivotas, no Parque da Cidade Roberto Burle Marx.

O sorteio,acompanhado por mais de 6 mil pessoas foi primeiro do Governo Carlinhos e marcou o início de um novo cenário para as famílias inscritas na fila de habitação, que ultrapassa os 16 mil. Com o PT, a fila começa a andar.

Desde que assumiu a administração da cidade, o Prefeito Carlinhos assinou o convênio com o Programa Minha Casa, Minha Vida e já garantiu a contração para a construção de cerca de 3 mil unidades. Meta do Governo é contratar no mínimo 8 mil, em 4 anos.

Acesse as informações sobre os critérios da CDHU

“Foi uma emoção muito grande vivenciar e sentir a felicidade das pessoas contempladas. Melhor ainda é saber que com o PT no governo essas situações não serão mais raridade. Com o Prefeito Carlinhos, a cidade agora tem um Programa Habitacional Popular que faz casa para quem precisa”, disse a vereadora.

As unidades habitacionais destinadas aos sorteados estão localizadas em três conjuntos habitacionais nas regiões Norte e cinco na região Sudeste da cidade. São os seguintes os conjuntos e sua localização:

Clique aqui e confira fotos no Facebook.

Presidenta Dilma amplia direitos às pessoas com deficiência

Presidenta Dilma amplia direitos às pessoas com deficiência

A presidenta Dilma Rousseff afirmou em cerimônia no Palácio do Planalto que a assinatura do decreto que regulamenta a aposentadoria especial para pessoas com deficiência é um momento especial, em que o governo salda uma dívida que remonta à Constituinte de 1988.

O decreto fixa condições diferenciadas para a concessão de aposentadorias por idade e por tempo de contribuição às pessoas com deficiência filiadas ao Regime Geral da Previdência Social. Para ter acesso ao benefício, além de preencher os requisitos necessários, o segurado deverá passar por um processo de avaliação que se divide em três fases: administrativa, pericial e social.

“Foram necessários muitos anos, mas chegamos a um ponto importante graças ao esforço de todos aqui presentes. (…) Essa regulamentação faz parte do compromisso que temos com as ações e políticas em favor da cidadania plena, autonomia e capacidade de viver como milhões de brasileiros e brasileiras que têm deficiência. E isso significa um passo bastante importante, nesse momento em que estamos tratando de uma questão como a do direito ao descanso depois de uma vida de trabalho.”

Dilma também ressaltou a importância de promover a inclusão escolar das pessoas com deficiência e relembrou algumas ações do governo nessa área:

“Todas as crianças têm direito à educação, e é nossa obrigação garantir a elas acesso à escola, é obrigação do Estado. Para nós, é orgulho que tenhamos ampliado o número de crianças que recebem benefício de prestação continuada e frequentam educação básica. Já entregamos 1.256 ônibus acessíveis para transportar as crianças para a escola em 954 municípios. Mais de 13 mil escolas públicas receberam equipamentos para salas de recursos multifuncionais.”

A presidenta ainda reafirmou o compromisso do governo com as Apaes e todas as entidades filantrópicas, comunitárias, enfim, “todas as entidades responsáveis por escolas especiais que prestam atendimento às crianças e jovens com deficiência do Brasil.”

Para a vereadora Amélia Naomi, a revolução iniciada pelo Governo do PT, em 2002, com a eleição do Presidente Lula, tem mostrado que é possível governar para todos e fazer o país crescer.

“É essa transformação social vivenciada pelo Brasil é que nós também queremos para São José dos Campos. Uma cidade rica, mas que cresceu desigual. O nosso desafio é ajudar o Prefeito Carlinhos a tornar nossa cidade mais humana e para todos”, disse a vereadora Amélia Naomi.

fonte: Blog do Planalto

Confira depoimentos de representantes do Governo sobre o decreto

Programação cultural anima o feriado prolongado na cidade

Programação cultural anima o feriado prolongado na cidade

Durante o feriado prolongado, São José dos Campos oferece uma enorme variedade de atrações culturais na cidade. Confira a programação.

 

Sexta-feira (15/11)

 

Show Musical – Renato Farias, às 18h
Graduado em Trombone pela UFPB, especializou-se na Europa e Estados Unidos. Integrou orquestras brasileiras como OSESP, Teatro Municipal de São Paulo, Orquestra Jazz Sinfônica, entre outras.
Local: SESC – Avenida Adhemar de Barros 999, Jardim São Dimas. 3904-2000.

Teatro – Cabaret Del Rinoceronte, sexta e sábado às 21h, domingo às 20h
Personagens surpreendentes e histriônicos se sucedem em quadros cômicos. Entre as histórias estão a de dois espermatozóides que fazem a corrida pela vida em direção ao óvulo enquanto discutem sua relação amorosa. Eles narram também o dilema de Ralf Ralf, um cão Pitbull e seu dono de estimação, Pitboy, dois parceiros tão fiéis que não se sabe quem é o homem e quem é o animal.
Local: Cine Santana – Avenida Rui Barbosa, 2005.

Teatro – O carteiro e o poeta, às 11h30, 14h e 17h
Intervenção pelos espaços da unidade onde dois antigos carteiros sobem em uma bicicleta, levando cartas ao público. A cada mensagem entregue, uma nova história se constrói. No jogo, o público é convidado a ler a carta para que os atores criem situações corporais representadas através da mímica e pantomima literária.
Local: SESC – Avenida Adhemar de Barros 999, Jardim São Dimas. 3904-2000.

 

Sábado (16/11)

 

Teatro – Vereda da Salvação, às 20h
Liderados pelo fanatismo religioso, um grupo de trabalhadores rurais, encontra na religião a saída para sua vida de miséria e exploração. Apesar da esperança de paz e união do grupo, as conseqüências são trágicas para todos.
Local: SESI – Avenida Cidade Jardim, 4389. 3936-2611.

 

Teatro Infantil – Festa no céu, às 15h
Compadre sapo busca compreender os problemas ecológicos que têm surgido em seu brejo e deseja participar da festa que vai acontecer no céu.
Local: SESC – Avenida Adhemar de Barros 999, Jardim São Dimas. 3904-2000.

 

Show Musical – Lula Barbosa, às 18h
Em comemoração aos 30 anos de carreira, Lula Barbosa canta e conta as histórias de algumas de suas canções mais importantes.
Local: SESC – Avenida Adhemar de Barros 999, Jardim São Dimas. 3904-2000.

 

Domingo (17/11)

 

Teatro Infantil – Tic Tac, às 15h
Os ponteiros Tic e Tac são amigos inseparáveis e vivem num famoso relógio. Numa noite de réveillon, faltando apenas alguns segundo para as badaladas da meia noite, misteriosamente emperram e acabam se desentendendo.
Local: SESC – Avenida Adhemar de Barros 999, Jardim São Dimas. 3904-2000.

Teatro Infantil – Um fusca em cons(c)erto, às 16h30
Conta a história de três artistas de uma companhia teatral que ensaiam e enfrentam problemas para realizar a grande viagem de suas vidas num Fusca.
Local: SESC – Avenida Adhemar de Barros 999, Jardim São Dimas. 3904-2000.

 

1º Encontro Cultural de Artesanato e Arte, das 10h às 18h

Iniciativa da Associação dos Artesãos e apoio da Prefeitura e da SUTACO – Artesanato Paulista, com participação de 170 artesãos da cidade. Shows de artistas regionais no sábado (16) e domingo, a partir das 15h. No domingo (17), às 16h, o público poderá assistir à peça teatral educativa “Meu Amigo Animal”, que retrata com bom humor os cuidados necessários para o bem-estar animal, além das medidas que auxiliam na redução da população de bichos abandonados, como a castração e a adoção. Agentes educadores da Prefeitura também vão distribuir material de orientação sobre a guarda responsável.

Local: Pavilhão Gaivotas, Parque da Cidade.

 

Fonte: Prefeitura Municipal http://www.sjc.sp.gov.br/secretarias/administracao/programe_se.aspx

 

Campanha em defesa do SUS é lançada

Campanha em defesa do SUS é lançada

Faça parte do SUS e ajude a construir essa história! Esse foi o mote da Campanha Nacional em Defesa do SUS e Fortalecimento do Controle Social lançada nesta quarta-feira (06) e que contou com a participação do ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Realizada pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) no contexto dos 25 anos do Sistema Único de Saúde (SUS), a campanha busca o apoio de toda a sociedade brasileira para defender o projeto de um SUS universal, integral e de qualidade para todos através, principalmente, do fortalecimento e visibilidade maior dos conselhos de saúde.

“Abrace o SUS e a saúde de qualidade para todo o povo brasileiro”, disse o ministro em apoio à campanha e ao fortalecimento do controle social.

A presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Maria do Socorro, enfatizou que a campanha não é apenas para fortalecer os órgãos do SUS. “À medida que a gente põe a campanha na rua, nós estamos ampliando a pauta da saúde para toda sociedade. Queremos a participação do cidadão comum”, explica Socorro.

Conselhos de saúde

Os conselhos de Saúde têm como missão a deliberação, fiscalização, acompanhamento e monitoramento das políticas públicas de saúde. Formados por entidades e movimentos sociais de usuários, prestadores de serviços, gestores e profissionais de saúde, os Conselhos são divididos em municipais, estaduais e nacional. Todos agregando cidadãos brasileiros em um esforço coletivo pela melhoria da nossa saúde e pela defesa e o aprimoramento do SUS.

Para saber mais sobre o Conselho Municipal de Saúde (Comus) de São José dos Campos e conferir o calendário de reuniões, clique aqui.

Fonte: Portal Brasil

Projeto de Dilma cria cotas raciais em concursos públicos

Projeto de Dilma cria cotas raciais em concursos públicos

A presidenta da República, Dilma Rousseff,enviou ao Congresso projeto de lei, em caráter de urgência constitucional, que destina 20% das vagas em concursos públicos federais para negros. O anúncio foi feito na abertura da 3ª Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial), que se iniciou, nesta terça-feira, em Brasília.
Dilma disse que o projeto é um convite para que os Poderes Legislativo e Judiciário além dos estados e municípios também façam normas nesse sentido. “A sociedade brasileira tem que arcar com as consequências do longo período escravocrata”, disse a presidenta.
Segundo Dilma, o regime de urgência do projeto garante que o debate sobre o tema seja amplo e intenso, mas, também, célere. “Nós queremos, com essa medida, iniciar a mudança na composição racial dos servidores da administração pública federal, tornando-a representativa da composição da população brasileira”. A urgência constitucional estabelece prazo de 45 dias para votação do projeto na Câmara e o mesmo período para o Senado, caso contrário tranca a pauta da Casa e proíbe a votação de outra matéria.
A medida foi assinada durante a abertura da 3a Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial. Na ocasião, a presidenta anunciou que comunidades quilombolas terão prioridade no recebimento de profissionais do Programa Mais Médicos. “Nós estamos colocando comunidades quilombolas, junto com os distritos indígenas como locais privilegiados e prioritários para receberem médicos do Mais Médicos”, anunciou a presidenta.
 No evento, Dilma informou também que o Ministério da Saúde terá uma instância específica para coordenar as questões voltadas para a população negra.
dilmaa
Maioria negra. Maria Júlia Nogueira, representando o Conselho Nacional da Promoção da Igualdade Racial, ressaltou que 51% da população brasileira se declaram negra ou parda. “É um grande desafio consolidar a democracia combatendo as desigualdades sociais e raciais”, disse.
Segundo Maria Júlia, estudos indicam que o jovem negro corre quatro vezes mais risco de ser assassinado do que o branco. “O genocídio da juventude negra no Brasil é outro grande problema que precisa ser combatido”, cobrou.
Juventude Viva. Em seu discurso, a presidenta Dilma disse que o governo federal dará respaldo ao Plano Juventude Viva, atuando na articulação com ministérios, governos estaduais e Judiciário “no sentido de assegurar que haja de fato um foco nessa questão”.
 No evento, a ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros, lançou ainda um guia para implementação do Estatuto da Igualdade Racial para que os órgãos, estados e municípios saibam como aplicar a norma. A solenidade teve presença da ministra Eleonora Menicucci, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR).
 A 3ª Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial segue até esta quinta-feira, em Brasília, e reúne 1.400 representantes de todos os estados e do Distrito Federal, entre convidados, membros do Poder Público e da sociedade civil, para debater as políticas de enfrentamento ao racismo e de promoção da igualdade.