Estagiários da prefeitura ficarão sem salário durante pandemia

Estagiários da prefeitura ficarão sem salário durante pandemia

A prefeitura de São José dos Campos, publicou um decreto na tarde deste domingo (22/03), suspendendo o contrato com as estagiárias e estagiários das escolas municipais por 60 dias a partir desta segunda-feira (23/03). A medida, deixará centenas de estudantes que trabalham na Secretaria de Educação e Cidadania sem proteção social durante a crise da pandemia de coronavírus que enfrentaremos. Atitude desumana e irresponsável do prefeito Felicio, pois em um estado de emergência e calamidade pública, o poder público precisa pensar em medidas que garantam assistência e renda aos trabalhadores para ficarem em casa, principalmente os estudantes, pois muitos ajudam no sustento da casa e precisarão durante este período pagar suas mensalidades na faculdade. A solução para combater a propagação da Covid-19 não é pensar no lucro e retirar direitos básicos, deixando as pessoas em situação de vulnerabilidade sem ter como comprar comida ou materiais de higiene, mas sim, garantir a proteção e vida da população. (Abaixo, veja o decreto)

comunicado estagiarios-4.pdf

ESTUDANTES REALIZAM ABAIXO ASSINADO CONTRA DECISÃO DO FELICIO

Pedindo por justiça, estagiários se mobilizam a favor dos seus direitos. Veja o texto do abaixo-assinado, assine e ajude a manter os salários:

Estamos enfrentando no mundo todo uma terrível pandemia (COVID-19), na qual está afetando toda a economia, porém, é um caso tanto quanto desumano que a prefeitura deixe seus estagiários nesse colapso, pois as contas não irão parar, muitos de nós precisamos desse dinheiro para mantermos nossa família, nossos estudos, nossos materiais de estudos, necessitamos tanto quanto todos os outros servidores necessitam de seus salários. Não é justo, pois não trabalhar não é uma escolha nossa, só queremos poder continuar mantendo nossos estudos em um período que não deixaremos de pagar faculdade e nem de nos alimentar. Sem essa bolsa ficaremos com 2 meses em débito na faculdade, e passaremos por meses escassos, por falta de dinheiro, conheço famílias (com crianças inclusive, que já afetadas pelo desemprego se vêem dependente dessa renda, que é pouca, mas é o que nos mantêm. Imagine só passar 60 dias em casa sem sair, e sem dinheiro, como que iremos nos alimentar? E como iremos comprar os materiais para nossa higiene? Sabemos bem que podemos usufruir de nosso recesso durante este período, porém, o que vamos fazer agora não é entrar de férias e sim uma quarentena, ficar em casa, então não é férias! Sabemos também que é proposto pelo prefeito que a gente continue a trabalhar, durante um período de quarentena, concordamos que isso é inadmissível. Pedimos que o auxílio continue sendo pago,com todos os estagiários que dão o seu melhor em suas áreas e recebem isso em troca quando mais precisamos. CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O ABAIXO ASSINADO!