Prefeitura abre concurso para dar nome ao parque canino

Prefeitura abre concurso para dar nome ao parque canino

parque canino1A Prefeitura de São José dos Campos abriu nesta quarta-feira (9) um concurso cultural para escolha do nome do parque canino, espaço que será instalado no Parque da Cidade “Roberto Burle Marx”. As participações serão feitas pelo site da Prefeitura.

O concurso “Dê um Nome ao Parque Canino” tem uma área exclusiva no site da Prefeitura, onde os moradores da cidade podem acessar o regulamento e apresentar sugestões até as 23h59 do próximo dia 15. Participe do concurso e faça sua sugestão.

Ago15-27 Parque Canino - lançamento (5)As sugestões precisam ter relação com a temática do novo parque e serão avaliadas com base em critérios como criatividade e originalidade. Uma comissão julgadora irá selecionar cinco opções, que serão colocadas para votação popular, também no site da Prefeitura, entre os dias 18 e 27 de novembro.

“Nós abrimos pela internet uma consulta pela qual todo mundo pode dar a sua sugestão e, depois, no final, vamos afunilar os melhores nomes e definir, também por meio de uma votação, qual deles vai ser adotado”, declarou o prefeito, ressaltando que é “uma forma de a gente garantir a participação das pessoas. O cidadão vai usar o equipamento e vai também ajudar a dar o nome.”

Além de entreter e auxiliar na escolha do nome do parque, o concurso tem o objetivo de estimular a criatividade dos participantes. O novo espaço será instalado em uma área de 3.500 metros quadrados dentro do Parque da Cidade.

A área receberá equipamentos de treinamento e diversão, bebedouro para cães, além de lixeiras para depósito de dejetos dos animais. O local será totalmente cercado com alambrado com 1,40 m de altura, espaço sombreado, banco em torno das árvores e implantação de “pipi dog”.


cachorroA proposta será implementada por meio de uma parceria entre as secretarias de Serviços Municipais (SSM), Meio Ambiente (Semea) e de Saúde, por intermédio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

O Parque Canino também será um espaço para campanhas de vacinação, adoção de cães abandonados, palestra sobre cuidados com a saúde e posse responsável, além de estimular o voluntariado com aulas gratuitas de adestramento e orientação de veterinários.

A Prefeitura prevê um prazo de 60 dias para a adequação da área que receberá as implantações necessárias para o Parque Canino.

 

Com informações da Prefeitura de São José dos Campos

Prefeitura de São José dos Campos lança projeto de Parque Canino

Aliar diversão, qualidade de vida, proporcionar interação entre os cães em um ambiente projetado especificamente para eles.

Ago15-27 Parque Canino - lançamento (3) Com esse objetivo, foi lançado na manhã desta quinta-feira (27), o Projeto do Primeiro Parque Canino de São José dos Campos. A iniciativa apresentada pelo Prefeito Carlinhos Almeida, será implementada em uma área de 3.500 metros quadrados, próximo a portaria principal do Parque da Cidade Roberto Burle Marx, na região norte da cidade. A proposta será implementada por meio de uma parceria entre as secretarias de Serviços Municipais (SSM), Meio Ambiente (Semea) e de Saúde, por intermédio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). A área receberá equipamentos de treinamento e diversão, implantação de bebedouro para cães, além de lixeiras para depósito de dejetos dos animais. O local será totalmente cercado com alambrado com 1,40 m de altura, espaço sombreado, banco em torno das árvores e implantação de “pipi dog” (local específico para os animais realizarem suas necessidades).

“Essa ideia é muito interessante, principalmente pelo baixo custo e, sem dúvida,terá um valor imensurável. Com este espaço, daremos alternativa para que as pessoas possam ter um local específico para passear com seu cão”, disse o prefeito Carlinhos de Almeida.

Ago15-27 Parque Canino - lançamento (5)Para a vereadora Amélia Naomi, a criação do Parque Canino vem atender a uma demanda cada vez mais crescente da população. “Hoje mais do que em outros tempos, os animais tornaram-se membros da família e passaram a contar com mais cuidados. Com o número cada vez mais crescente, a idéia do Parque Canino vai auxiliar as famílias a terem onde levar os seus cães com conforto e tranqüilidade”, disse a vereadora.

De acordo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação, a população de animais de estimação no Brasil já passa de 100 milhões. Concurso Popular – Um concurso cultural vai eleger o nome do parque, apelidado de ParCão. As sugestões serão avaliadas por uma comissão que indicará cinco nomes para votação popular, a qual definirá a identidade do Parque Canino.

O local permitirá que os proprietários passem mais tempo com seus cães, ajudando o dono a ter melhor controle sobre os animais, além de ajudar na saúde dos caninos, reduzindo o stress do cão, evitando assim problemas de comportamento. O local também será um espaço para campanhas de vacinação, adoção de cães abandonados, palestra sobre cuidados com a saúde e posse responsável, além de estimular o voluntariado com aulas gratuitas de adestramento e orientação de veterinários. “No Brasil, poucas cidades têm locais para receber seus cães. Essa será a maior área do Brasil”, comentou o secretário de Serviços Municipais, Antonio Carlos Wolff Nadolny. A Prefeitura prevê um prazo de 60 dias para a adequação da área que receberá as implantações necessárias para o Parque Canino.

 

Clique aqui e veja a apresentação sobre o Parque Canino

Ago15-27 Parque Canino - lançamento (4)

 

Com informações da Prefeitura de São José dos Campos

Saúde realiza pregão para castração de 2.139 animais

Saúde realiza pregão para castração de 2.139 animais

A Prefeitura de São José dos Campos realizará no próximo dia 18, às 9h, um pregão presencial para contratação de pessoa jurídica para realização de castração de cães e gatos no município. O profissional que apresentar o menor preço e cumprir todas as regras publicadas no edital prestará esse importante serviço para população da cidade.

Animais-de-estimação O contrato prevê a realização de 2.139 procedimentos divididos entre dois tipos de cirurgia tanto para cães quanto para gatos (800 para felinos e 1.339 para caninos). Os animais passarão por uma triagem feita pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), que também fará uma visita técnica nas instalações da empresa vencedora antes da assinatura do contrato.

Entre as exigências, está a necessidade de a empresa possuir um centro cirúrgico adequado à legislação vigente, um quadro profissional composto por médico veterinário responsável pelas cirurgias e também pelas anestesias, além de auxiliares capacitados para executar o manejo dos animais em todas as etapas dos procedimentos.

O serviço será oferecido aos munícipes de forma gratuita respeitando algumas regras que serão determinadas pelo Centro de Controle de Zoonoses, onde os cães e gatos devem estar previamente cadastrados. O edital com todas as regras e informações está disponível no site da Prefeitura.

 

Com informações da Prefeitura de São José dos Campos

CCZ de São José tem 64 animais à espera de adoção

CCZ de São José tem 64 animais à espera de adoção

CCZ - Adriano PereiraPMSJCO Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) de São José dos Campos tem atualmente 64 animais aptos para adoção. São 30 filhotes, sendo 16 cães e 14 gatinhos, além de 34 cães adultos.

Todos os animais adultos são castrados, vacinados e estão com boa saúde. Os filhotes ainda não podem ser castrados e, quando adotados, os donos serão orientados a trazê-los para vacinação após o 4º mês de vida.

Para adotar é preciso ter mais de 18 anos e levar CPF, RG e comprovante de residência na sede do CCZ (Rua George Willians 581, Parque Industrial), de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h30. Depois de escolher o animal e preencher o termo de adoção, o interessado poderá levar o bicho de estimação para casa.

Quem decidir adotar um animalzinho deve:

• Zelar pela saúde do animal;
• Colocar alimento pelo menos duas vezes por dia;
• Oferecer água limpa e fresca durante o dia;
• Dar banho periodicamente no animal e o manter livre de pulgas, carrapatos e sarna;
• Recolher e jogar os dejetos (fezes) em local apropriado;
• Manter limpos o animal e o local onde ele fica;
• Tratar o animal quando ele ficar doente;
• Evitar que o animal tenha cria, a não ser que você possa se responsabilizar por todos os filhotes e não deixar que eles sejam abandonados;
• Levar o animal para vacinação;
• Ser capaz de controlar o cão quando o conduzir.
• Nunca abandone o animal na rua;
• O muro e o portão da casa devem oferecer segurança a quem passa na calçada;
• O proprietário é responsável pela guarda do cão e também pelas atitudes do animal (como mordeduras e doenças);
• No caso de o cão morder alguém, o dono é responsável pela observação do animal;
• Em caso de morte do animal agressor, o dono deve entregar o cadáver para exame laboratorial no CCZ;
• Recolher as fezes de seu animal, além de ser uma atitude educada, agora também é obrigação estabelecida pela Lei Municipal 7.088/2006.

CCZ1 - Adriano PereiraPMSJC

 

 

Fonte: Prefeitura Municipal de São José dos Campos

Kátia Abreu: Dilma regulamentará produção de medicamentos genéricos veterinários

Kátia Abreu: Dilma regulamentará produção de medicamentos genéricos veterinários

Katia Abreu - Generico VeterinarioApós reunião com a presidenta Dilma Rousseff nesta segunda-feira (20), no Palácio do Planalto, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, afirmou que a presidenta Dilma Rousseff deve regulamentar a produção de medicamentos genéricos de uso veterinário. A medida deve ser apresentada no início do mês de maio.

A ministra destacou que a presidenta já havia sancionado a legislação em 2012. Agora, com a regulamentação, as fábricas poderão produzir os genéricos a um valor mais baixo, o que representará redução no custo da atividade pecuária no País. “Já temos a experiência em medicamentos humanos, temos medicamentos que baixaram o custo em até 70%”, comparou.

 

Fonte: Blog do Planalto