08 out 13 Comissão da Verdade (4)Por ter vivenciado a brutalidade de como eram tratados os trabalhadores e trabalhadoras que enfrentaram a ditadura militar, Amélia criou o Decreto Legislativo 12/2013, que instituiu a Comissão da Verdade na cidade de São José dos Campos.

A Comissão Michal Gartenkraut foi criada com o objetivo de apurar casos de violação de direitos humanos e colher depoimentos de ex-professores do ITA, ex-funcionários do DCTA (Departamento de Ciências e Tecnologia Aeroespacial), líderes estudantis, sindicalistas e trabalhadores da cidade que participaram da luta contra a ditadura.

Sua criação foi baseada nos termos do Acordo de Cooperação Técnica firmado com a Comissão Nacional da Verdade, instituição formulada em 2011, com sede em Brasília.

As audiências da comissão foram divididas pelos seguintes temas:
– O ano de 1964 em São José dos Campos;
– O ano de 1964 no ITA;
– São José dos Campos e o ITA no ano de 1975;
– A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de São José dos Campos;
– Movimentos Estudantis de 1964 a 1985;
– Perda e reconquista da autonomia política de São José dos Campos;
– A Luta pela anistia dos trabalhadores demitidos por greve no período da ditadura.

Capa - comissão da verdadeNo ano de 2016, foi lançado o livro “Ditadura nunca mais”, que trouxe na íntegra o relatório da Comissão da Verdade. Organizado e escrito pelo sociólogo Moacyr Pinto, relator da comissão, o livro é composto pelos 92 relatos dos depoentes, produzidos em 18 reuniões, realizadas entre outubro de 2014 e maio de 2015. O conteúdo também conta com cópias de relatórios dos órgãos de informações, atas de reuniões, recortes de jornais sobre “espionagem” e perseguições a pessoas e organizações da sociedade no período da Ditadura Civil-Militar.

Na obra foram divulgados episódios pouco conhecidos pela população e escondidos no decurso do período de repressão. A liberação desses documentos fornecem subsídios para os interessados na pesquisa sobre esse período da história de São José.





COMISSÃO

Constituída em parceria com a Universidade do Vale do Paraíba, Câmara Municipal e Arquivo Público Municipal.

Moacyr Pinto da Silva
Sociólogo e relator da Comissão

Priscila Vidal Milioni
Pedagoga, assessora da Presidência da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, vinculada à Prefeitura Municipal de São José dos Campos

Nadia Csoknyai Del Monte Kojio
Historiadora e geógrafa, diretora do Arquivo Público Municipal, vinculado à Fundação Cultural Cassiano Ricardo

Sérgio Werneck
Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, secretário executivo da CMVSJC

Roger Côrtes Arantes
Consultor legislativo

.: Clique aqui e faça download do relatório final