Servidores se queixam de falta de estrutura na saúde em São José

Servidores se queixam de falta de estrutura na saúde em São José

Funcionários ouvidos por OVALE apontam falta de equipamentos básicos de proteção e higiene, além de novas orientações para tratamento de pacientes na pandemia
Fonte: O Vale – Thaís Leite@_thaisleite | @_thaisleite

Servidores que integram a rede de saúde de São José dos Campos denunciaram falta de equipamentos básicos de higiene e proteção nas unidades municipais. Em momento de pandemia do coronavírus, os funcionários temem a própria saúde enquanto realizam o tratamento do próximo.

De acordo com um funcionário de uma UBS (Unidade Básica de Saúde), que preferiu não se identificar, faltam itens como álcool em gel para os profissionais, detergente bactericida, máscaras específicas para o bloqueio de qualquer tipo de bactéria, além de EPIs (equipamentos de proteção individual).

“Somos o batalhão de frente contra a doença. Quero ir ajudar, quero trabalhar, mas temos que ter condições. Do jeito que está, eu não tenho como me proteger”, disse.

A falta de equipamentos englobaria também as UPAs (Unidades de Pronto-Atendimento), onde o uso de máscaras teria sido disponibilizado somente para médicos.

Os servidores se queixam ainda de falta de orientações atualizadas do próprio município sobre como se deve proceder ao atendimento de pessoas que estejam com suspeita do coronavírus.

Foto: Claudio Vieira/PMSJC

“Não fomos comunicados sobre nenhuma conduta, nem protocolo que a gente tem que seguir para poder cuidar das pessoas”, contou um técnico de enfermagem.

No caso das UBSs, onde grande parte do público é formado por idosos, o grupo reivindica o cancelamento de consultas do grupo de risco para que eles não precisem deixar suas casas.

OUTRO LADO.

Em nota, a prefeitura listou as medidas adotadas aos funcionários contra a disseminação do novo coronavírus.

“A Secretaria de Saúde realizou treinamentos e orientações para todos os servidores da rede. Entre as medidas estão novos fluxos para segregar pacientes sintomáticos respiratórios; suspensão das agendas de grupos; suspensão de agendamentos para consultas eletivas em odontologia; restrição de atendimentos em linha de frente aos profissionais com mais de 60 anos, com disponibilidade de férias imediatas; cessão de máscaras a pacientes que chegam com síndrome respiratória; disponibilização de EPIs, bem como álcool em gel nas recepções; reforço de estoques de insumos e materiais e destinação de uma ala do Hospital Municipal só para pacientes com Covid-19”, diz nota.

Vereadora Amélia enviou ofício à prefeitura para garantir equipamentos de proteção individual para equipe da UPA do Alto da Ponte

Hoje, quarta-feira, 18 de março, fomos até a UPA 24h do Alto da Ponte, na zona norte, após recebermos a denúncia de que os funcionários da  empresa terceirizada, prestadora de serviço da prefeitura, não tinham recebidos os equipamentos necessários para o trabalho e segurança da equipe de saúde do local. Enviei ofício ao prefeito Felicio, para que estes instrumentos sejam garantidos a todos os profissionais, independente de serem terceirizados ou não -- pois para cuidar dos doentes neste momento emergencial, são eles que estão expostos na linha de frente ao combate a pandemia. Minha solidariedade e apoio à categoria!

Oficio enviado ao prefeito

 

Vereadora Amélia Naomi envia à prefeitura documento para implantação de políticas de prevenção e enfrentamento do coronavírus

Vereadora Amélia Naomi envia à prefeitura documento para implantação de políticas de prevenção e enfrentamento do coronavírus

Após receber denúncias, a vereadora Amélia Naomi enviou à prefeitura um requerimento solicitando que seja colocado, de forma urgente, sabão líquido e papel toalha nas unidades de ensino fundamental, infantil e creches. Devido a pandemia de coronavírus que preocupa o mundo, professores e profissionais da rede pública tem realizado oficinas com os alunos sobre a importância da higienização das mãos para prevenir à doença. Porém, temos recebido relatos, onde, constantemente, faltam esses materiais básicos para a segurança das crianças e dos profissionais para a realização dos treinamentos e das medidas de proteção.

CCF13032020_00000

Além desta solicitação, a vereadora encaminhou outras propostas para a instalação de políticas de enfrentamento e prevenção em São José dos Campos, como ações nos transportes públicos e postos de saúde -- visando impedir a propagação do vírus. Veja abaixo:

  • Prefeitura determinar às empresas de ônibus para colocarem álcool e gel. Além de distribuir máscaras aos cobradores e motoristas;
  • Elaborar cartazes para colocar dentro dos ônibus com as orientações do município para a prevenção;
  • Colocar pia nos Terminais Rodoviárias e no fim das linhas, para que os profissionais e os usuários possam higienizar às mãos;
  • Orientação a todos os profissionais da enfermagem sobre medidas de saúde preventivas;
  • No Hospital da Vila Industrial, nos postos de saúde nas UPAS, sejam instaladas pias com sabão para as pessoas que chegam a esses equipamentos públicos, na parte externa, possam se proteger antes de entrar no local.
  • Conversar com o Uber e Táxi para que os motoristas possam usar máscaras; e, para que carreguem sempre os passageiros no banco de trás.

QUADRO DO CORONAVÍRUS EM SÃO JOSÉ

Oficialmente, não há caso confirmado na cidade, mas 8 pessoas são consideradas suspeitas e encontram-se em isolamento domiciliar, pois viajaram ao Exterior e apresentaram sintomas compatíveis com a Covid 2019. Outros 11 casos notificados já foram descartados após exames.

DOUTOR PAULO ROITBERG EXPLICA OS RISCOS E PREVENÇÃO À DOENÇA

Cuidem-se para evitar aglomerações e tendo sintomas, fiquem em casa. Cada um fazendo sua parte, vamos nos proteger de uma situação pior por meio da prevenção.

UTILIDADE PÚBLICA

Doutor Drauzio Varella explica o coronavírus, esclarece os sintomas e orienta sobre as medidas de prevenção.

Prefeito Felicio abandonou bairro Santa Cecília II

Para a ponte estaiada mais de R$ 62 MILHÕES. Para o SANTA CECÍLIA 2 somente abandono do prefeito Felicio, do PSDB! Após reunião na sexta-feira (06/03) com mais de 60 participantes da comunidade, e a presença dos vereadores Amélia Naomi e Wagner Balieiro, do PT, moradoras gravam vídeo para denunciar o descaso que sofrem.

O bairro Santa Cecilia II não é regualizado, em 2016, o vereadores aprovaram lei enviada pelo prefeito Carlinhos que autoriza a Prefeitura Municipal a promover a regularização fundiária e urbanística do parcelamento
de solo denominado Santa Cecília li, abrangendo a área total de 997.400,00m 2 (novecentos e noventa e
sete mil e quatrocentos metros quadrados), mas até o momento o prefeito Felicio do PSDB não cumpriu a lei.

Para levar água para o Santa Cecília II, depois de muita negociação, o prefeito Carlinhos consegiu fazer acordo com a Sabesp. A prefeitura entrou com a mão de obra e a Sabesp com os canos.

 

Lei - Santa Cecilia II

 

A VERDADE SOBRE A REGULARIZAÇÃO EM SÃO JOSÉ

COM O PT

No governo Carlinhos (PT) a regularização de bairros irregulares promoveu o desenvolvimento social e a inclusão dos menos favorecidos. Entre 2013 e 2016, foram regularizados gratuitamente 23 bairros em São José dos Campos.

Para o avanço da cidade, foi criada a Secretaria de Regularização Fundiária, através da Lei Municipal 8.904, de 21 de fevereiro de 2013. Antes, não havia uma secretaria específica para tratar dessa área, que andava a passos muito lentos.

NÚMEROS:

23 BAIRROS REGULARIZADOS EM 4 ANOS

3.905 TÍTULOS DE POSSE ENTREGUES

MAIS DE 20 MIL PESSOAS BENEFICIADAS

20 BAIRROS EM PROCESSO DE REGULARIZAÇÃO PARA SEREM ENTREGUES

CURY, EMANUEL E FELÍCIO

A regularização fundiária dos bairros não era uma prioridade. Em 16 anos de administração do PSDB, apenas 1 bairro foi regularizado, com 98 títulos de posse.

Não existia uma secretaria municipal específica para cuidar da regularização. Prefeitura utilizava o fato de a área ser irregular como desculpa para não levar melhorias aos bairros nessa situação.

Desde 2017, com o prefeito Felício, são 2 modalidades de Regularização Fundiária Urbana (Lei Federal n°13.465/2017)

  1. Regularização Fundiária Urbana (Reurb-E): os moradores são responsáveis por toda documentação e o custo das obras para regularização.
  2. Regularização Fundiária Urbana Social (Reurb-S): a prefeitura é responsável de fazer todos os procedimentos da regularização do bairro. Em todo governo, o prefeito Felício (PSDB) só realizou notificações aos proprietários para regularizar os loteamentos por essa modalidade.

PREFEITO FELÍCIO (PSDB) REPASSA PARA OS MORADORES A CONTA DA REGULARIZAÇÃO! ENTENDA NA TABELA A SEGUIR.

(Construir tabela, com comparação. Com o PT, era gratuito, com o Felício, tudo pago).

COM O GOVERNO CARLINHOS

REGULARIZAÇÃO ERA FEITA PELA SECRETARIA DE REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DE FORMA GRATUÍTA

SANEAMENTO BÁSICO – GRATUÍTO

INFRAESTRUTURA PARA A REGULARIZAÇÃO (ASFALTO E ANTIPOEIRA) – GRATUÍTO

FORNECIMENTO DE ÁGUA – GRATUÍTO

REDE ELÉTRICA – GRATUÍTO

DRENAGEM DO LOTEAMENTO -- GRATUÍTO

ISENÇÃO POR 3 ANOS NO IPTU PARA AS PESSOAS DE BAIXA RENDA APÓS REGULARIZAÇÃO

REGISTRO EM CARTÓRIO -- GRATUÍTO

COM O FELÍCIO (REURB-E)

REGULARIZAÇÃO FOI TRANSFERIDA PARA O MORADOR PAGAR E A SECRETARIA DE REGULARIZAÇÃO FOI EXTINTA

SANEAMENTO BÁSICO – PAGO PELO MORADOR

INFRAESTRUTURA PARA A REGULARIZAÇÃO (ASFALTO E ANTIPOEIRA) – PAGO PELO MORADOR

FORNECIMENTO DE ÁGUA – PAGO PELO MORADOR

ISENÇÃO NO IPTU ACABOU. AGORA É PAGO IMEDIATAMENTO APÓS REGULARIZAÇÃO.

REGISTRO EM CARTÓRIO – PAGO PELO MORADOR

MORADOR PRECISA PAGAR CERCA DE R$ 5 MIL PELO PROJETO DE REGULARIZAÇÃO.

A PROVA DA MENTIRA! | Instituto da Previdência do Servidor Municipal (IPSM) apresentou no exercício de 2019 um CRESCIMENTO de 146% de SUPERÁVIT

A PROVA DA MENTIRA! | Instituto da Previdência do Servidor Municipal (IPSM) apresentou no exercício de 2019 um CRESCIMENTO de 146% de SUPERÁVIT

A PROVA DA MENTIRA! | Instituto da Previdência do Servidor Municipal (IPSM) apresentou no exercício de 2019 um CRESCIMENTO de 146% de SUPERÁVIT em relação a 2018, no valor de R$ 266.381.090,26. As informações foram relevadas pelo Balanço Orçamentário apresentado pelo Instituto à Câmara, no último dia 12 de fevereiro. Em 2017 também, o então presidente da Câmara, vereador Juvenil Silvério (PSDB), confirmou em ofício enviado a 7ª Promotoria de Justiça aqui do município, que o IPSM não possui déficit, sendo, portanto, garantidor do sistema previdenciário. Por isso, diferente do que afirmam o prefeito Felicio do PSDB e vereadores a favor da aprovação da pior Reforma da Previdência do Brasil, o Instituto não está quebrado e apresenta saúde financeira.

NÃO CAIA EM MENTIRAS!
Compareça hoje na Câmara Municipal, às 17h, para impedir que o governo aprove esta maldade que confisca 14% da aposentadoria de quem ganha menos!

 

Balanço do exercício do ano de 2019 do Instituto de Previdência doServidor Municipal de São José dos Campos

Balanço do Exercício de 2019 - IPSM

Em 2017, vereador Juvenil Silvério (PSDB), confirmou em ofício enviado a 7ª Promotoria de Justiça aqui do município, que o IPSM não possui déficit

Juvenil Silvério - Instituto sem déficit