Audiência pública contra a privatização dos Correios é realizada na Câmara Municipal

Audiência pública contra a privatização dos Correios é realizada na Câmara Municipal

A audiência pública em defesa da manutenção dos Correios 100% público, contra a privatização, sucateamento e terceirização da estatal, aconteceu na quarta-feira (17), na Câmara Municipal de São José dos Campos – SP. Organizada pela vereadora Amélia Naomi e Wagner Balieiro, do PT SJC, em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores e a Federação Nacional dos Correios (SINTECT-VP E FENTECT ), a reunião contou com a presença dos trabalhadores/as ecetistas e a população do Vale do Paraíba.

Durante a audiência, foi debatido a importância da empresa centenária – única instituição pública presente nos 5570 municípios brasileiros. Sem depender de aportes financeiros do Governo Federal ou impostos dos contribuintes, os Correios é uma empresa autossustentável – que teve em 2018, o lucro de R$ 161 milhões -, com o índice de 99% de entrega dentro do prazo das mais 1,2 milhões de encomendas diárias.

Em fala, o vereador Wagner Balieiro destacou os riscos do modelo de privatização, que pode resultar na demissão dos mais de 100 mil trabalhadores, além da perda de qualidade do serviço. “Privatização ela representa, sempre, demissão em massa. Não existe um caso de privatização que isto não ocorreu. Todas seguem o mesmo receituário: precarização, demissão em massa e aumento da tarifa”.

No mundo, apenas 8 países possuem a privatização total dos Correios. O motivo: nenhuma empresa privada realiza com eficiência e responsabilidade social a integração nacional de atender toda a população. “Recentemente, os Correios ganharam o prêmio de melhor empresa logística postal do mundo” analisa Moisés, presidente do SINTECT-VP, em referência ao Prêmio ABComm de Inovação Digital 2018, onde os Correios foram eleitos a melhor empresa de Logística na categoria E-commerce. “Ou seja, mesmo com todo sucateamento do governo, ainda mantemos a qualidade dos nossos serviços”, conclui Moisés.

A vereadora Amélia Naomi, também enfatizou a continuidade da luta, para que seja criada além da audiência pública, uma extensão da Frente Parlamentar Mista no Vale do Paraíba em defesa dos Correios 100% público. “Da mesma forma que em Brasília estaremos defendendo que a privatização não é solução, aqui no Vale do Paraíba, estamos orientando os nossos vereadores a aprovarem moção de apoio aos trabalhadores dos Correios. Lá em Jacareí, na primeira semana, os nossos vereadores já irão aprovar”, enfatiza Amélia.

“Já conversei com o sindicato, e se possível, vamos nos organizar e fazer esta luta [da Frente Parlamentar] aqui também. Acho a iniciativa contra privatização importante, sabemos as dificuldades que temos com o setor mais fascista, mas se faz necessário”, diz Amélia, que complementa “Acho importante colocar a luta contra a privatização dos Correios nas ruas [junto a sociedade]. Parabéns aos trabalhadores que estão aqui, e contem com a gente nesta luta tão pertinente e desafiadora”, finaliza a vereadora.

Ao final da audiência, o tom foi claro em resposta ao projeto de privatizações das empresas públicas do governo Bolsonaro, em alto e bom som, os trabalhadores gritaram a palavra de ordem: “Correios privatizados, povo prejudicado”. Não vamos permitir a venda dos Correios!