2,5 milhões de alunos de SP podem perder aula por falta de professor segundo secretário do Doria

2,5 milhões de alunos de SP podem perder aula por falta de professor segundo secretário do Doria

O secretário da educação de São Paulo Rossieli Soares da Silva disse nesta quarta-feira (2) que 2,5 milhões de alunos podem ficar sem aula por falta de professores e que não há contratos para entrega de kits escolares e material pedagógico para os alunos.

 

Rossieli deu sua primeira entrevista no cargo em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes ao lado de João Doria, do vice Rodrigo Garcia, do secretário da fazenda Henrique Meireles e do secretário de segurança pública General Campos.

 

Rossieli disse que “temos um prejuízo gigantesco na educação para o início do ano letivo” e que “estamos encontrando uma tragédia na educação (do estado)”.

 

De acordo com o secretário, a falta de professores acontece por causa da proibição da contratação de novos professores temporários pela Justiça de São Paulo no ano passado.

 

“Nós temos hoje 8.500 professores que não podem ser repostos como temporários, podendo trazer um prejuízo imediato para 60 mil alunos do 1° ao 5° ano, em alguns municípios como Mogi Mirim podemos ficar com até 50% dos alunos sem aula, o que é uma tragédia para a educação”.

 

Leia mais no G1 São Paulo